Falta de Vereadores prejudica Comissão Municipal do Idoso na Câmara Municipal

A presidente do Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo, o coordenador da Coordenadoria do Idoso, Alexandre Ramos e conselheiros do GCMI estiveram na Câmara Municipal para acompanhar a escolha da presidência da Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social , que não aconteceu. Foto: jornal3idade.com.br

A presidente do Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo, Elisabeth Ferreira, o coordenador da Coordenadoria do Idoso, Alexandre Ramos e conselheiros do GCMI estiveram na Câmara Municipal para acompanhar a escolha da presidência da Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social, que não aconteceu. Foto: jornal3idade.com.br

Devido à falta sem justificativa dos vereadores Fabio Riva, do PSDB, Sandra Tadeu, do DEM e Camilo Cristófaro, do PSB, a Comissão Permanente do Idoso e de Assistência Social, não conseguiu na manhã de hoje, quarta-feira 26 de abril, escolher a sua presidência e vice-presidência e começar o ano de trabalho.

Numa sessão de instalação rapidíssima, de apenas 17 minutos, os quatro dos sete vereadores que irão participar da Comissão do Idoso decidiram que não iriam eleger a coordenação devido à falta dos demais três colegas, ” porque é preciso ter consenso”.

A Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social é – segundo definição no site da própria Câmara- a comissão responsável por: promover a defesa dos idosos, aposentados e pensionistas; promover o acompanhamento e o desenvolvimento das políticas públicas voltadas ao idoso e a todas as questões envolvendo a Assistência Social no Município, dentre outras atribuições.

A estimativa da Fundação Seade para a cidade de São Paulo em 1º de julho de 2017, é de uma população de 1.676.101 de pessoas acima de 60 anos, para um total de 11.696.088 habitantes. Daqui a 13 anos São Paulo será a 6º cidade mais envelhecida do mundo e terá uma população de velhos maior que a população de adolescentes.

Só esses números já justificam a necessidade de um grande compromisso dos vereadores com a discussão dos direitos e deveres dos idosos paulistanos.

A Comissão

Fazem parte da Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social 2017- além dos três faltosos- os seguintes vereadores: Toninho Paiva do PR; Juliana Cardoso do PT; Rute Costa do PSB e André Santos do PRB.

A Vereadora Juliana Cardoso, que minutos antes tinha sido eleita vice-presidente da Comissão dos Direitos Humanos, disse que tinha interesse em se candidatar para presidência, mas dependia de conseguir ou não ficar na Comissão da Criança e do Adolescente.

O Vereador Toninho Paiva, o mais velho parlamentar da Câmara de São Paulo, que presidiu a Comissão em 2016, disse que se empenhou em estar presente, pois tinha outros compromissos, mas não podia decidir sem todos os presentes.

O Vereador André Santos disse que está à disposição.

A Vereadora Rute Costa não atendeu ao chamado dos idosos para conversar e sumiu do plenário tão logo foi dito que a sessão de instalação estava encerrada.

A próxima reunião da Comissão Extraordinária Permanente do Idoso e de Assistência Social será na terça-feira dia 2 de maio, às 11: 00 horas, no Auditório   Sergio

Vieira de Melo, sala “A” 1º subsolo da Câmara Municipal de São Paulo. A participação é aberta para todos os interessados em acompanhar.

Vereadores da Comissão    

emails: vereador@toninhopaiva.com.brandresantos10456@camara.sp.gov.br; vereadorfabioriva@camara.sp.gov.brjulianacardosopt@camara.sp.gov.brsandratadeu@camara.sp.gov.br

email de assessores de vereadores:  sandrafrate@camara.sp.gov.br (da Vereadora Rute);  mariafrancisca@camara.sp.gov.br (do Vereador Camilo)

Toninho Paiva