Russos carregam cartazes de avós que lutaram na 2ª Guerra Mundial

Dia da Vitória- 72 anos do fim da 2ª Guerra

Chamado de "regimento imortal" os cartazes que jovens carregam de seus avós combatentes da 2a Guerra Mundial. Foto: reproduçãp do The Guardian

Chamado de “regimento imortal” os cartazes que jovens carregam de seus avós combatentes da 2a Guerra Mundial. Foto: reproduçãp do The Guardian

Mantendo uma tradição de décadas, famílias russas saíram hoje, 9 de maio, Dia da Vitória, quando se comemora em todo o mundo o fim da Segunda Guerra Mundial, carregando fotos de seus avó e bisavós que lutaram nela.

Há 72 anos os alemães nazitas se rendiam aos Aliados.  As agências internacionais de notícia calcularam que somente nas ruas de Moscou mais de 800 mil pessoas saíram carregando os cartazes com fotos dos parentes.

O portal Sputnik comenta que quase todos os russos têm entre os familiares alguém que combateu nas frentes da 2ª Guerra Mundial, foi morto ou regressou a casa como herói, mas, passados 72 anos do grande Dia da Vitória, há cada vez menos veteranos que viram os horrores da maior carnificina do século XX com seus próprios olhos e conseguiram voltar à Pátria. Porém, esta memória ainda existe e é preservada em todos os russos, até nos mais novos.