Cuidador do Idoso é tema de evento em março, em São Caetano do Sul, SP

Graduada em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul, Especialista em Políticas Públicas e Direitos Humanos pela FAMA- Faculdade de Mauá, MBA em Gestão Pública, técnica responsável no tema de Cuidador de Idosos e Pessoas com Deficiência pelo Governo da Espanha, por meio do Ministério de Emprego e Seguridade Social. Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul.
Graduada em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul, Especialista em Políticas Públicas e Direitos Humanos pela FAMA- Faculdade de Mauá, MBA em Gestão Pública, técnica responsável no tema de Cuidador de Idosos e Pessoas com Deficiência pelo Governo da Espanha, por meio do Ministério de Emprego e Seguridade Social. Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul.
Simone Garcia, graduada em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul, Especialista em Políticas Públicas e Direitos Humanos pela FAMA- Faculdade de Mauá, MBA em Gestão Pública, técnica responsável no tema de Cuidador de Idosos e Pessoas com Deficiência pelo Governo da Espanha, por meio do Ministério de Emprego e Seguridade Social. Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

No próximo sábado, dia 21 de março, a Universidade Municipal de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo vai realizar um seminário para comemorar o Dia Municipal do Cuidador de Idosos, que a cidade instituiu desde 2012.

 Quem é o Cuidador? Qual a formação necessária? Quem pode ser Cuidador? Essas são algumas das questões que serão debatidas com uma equipe de palestrantes especializada no assunto.

 Para falar sobre o evento, o Jornal da 3ª Idade conversou com a assistente social, Simone Garcia, Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul, uma das responsáveis pelo evento e que era Coordenadora do Curso de Cuidadores da Prefeitura, no ano em que a data foi instituída.

 Jornal da 3ª Idade – Por que São Caetano do Sul resolveu criar o Dia Municipal do Cuidador de Idosos, em 20 de março?

?Prof.ª Simone Garcia – Em 2012, em convênio firmado com o Governo Espanhol, por meio do Ministério de Trabalho e Emprego e Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul, o município formava em curso único no Brasil, a segunda turma de Cuidadores de Idosos e Pessoas com Deficiência. Naquela época conseguimos criar uma militância na cidade e assim solicitamos ajuda do Vereador Jorge Salgado que prontamente nos atendeu e formalizou o pedido junto ao executivo. ?

1502429_810830629003772_1945456546648761718_o Jornal da 3ª Idade – Como será o evento de 2015?

Prof.ª Simone Garcia – O Cuidador de Idosos ainda é ocupação, não é reconhecido como profissão, apesar de ter projeto tramitando em Brasília desde 2006. Esse é um dos motivos desta “ocupação” viver  uma “crise existencial”. Quem é o cuidador? Precisa passar por processo educacional de formação? Quem já cuidou de um familiar, pode ser considerado cuidador em todas suas prerrogativas? Qual o papel do Cuidador? Enfim, todas essas questões é que a mesa do Seminário em Comemoração ao Dia do Cuidador tratará com riqueza de conhecimento.

Jornal da 3ª Idade – Qual o papel do Cuidador do Idoso na sociedade brasileira cada vez mais envelhecida?

Prof.ª Simone Garcia – Somos um país envelhecido sem estrutura para acolher essa parcela crescente da população. A formação de Cuidador de Idosos é imperativa e emergencial para os dias em que vivemos.Temos muitos idosos saudáveis que envelhecem ativos, entretanto temos grande parcela em situação de fragilidade. Em algum momento os idosos saudáveis podem mudar de situação e necessitar de cuidados específicos. O poder público deveria refletir melhor sobre essa questão, e investir na formação desses que podem ser grandes parceiros. O trabalho do Cuidador do Idoso pode evitar hospitalização, institucionalização e outros pesares sociais e econômicos. ?

 Profissionais especializados que comporão a mesa do evento

Rosamaria Rodrigues Garcia – Fisioterapeuta Docente da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Gerontóloga titulada pela SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (2013), gradua?da  em Fisioterapia (1998), especiali?sta em Fisioterapia em Geriatria e Gerontologia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (2000), mestr?e  em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (2002) e atualmente é doutoranda do Programa de Pós Graduação em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP. ?Diretora do IPGG- Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia. ?

Yeda Aparecida de Oliveira Duarte – Graduada em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP (1982), mestr?e? (1996) e doutora (2001) em Enfermagem pela Universidade de São Paulo – área: Gerontologia. Pós Doutorado em Epidemiologia pela Faculdade de Saúde Pública da USP com estágio no Sealy Center on Aging – University of Texas Medical Brunch (2005). ?Docente Associada (MS5) da Universidade de São Paulo, docente da Escola de Enfermagem e da Faculdade de Saúde Pública da USP (vínculo subsidiário). ?P?esquisadora do Estudo SABE – Saúde, Bem estar e Envelhecimento, estudo longitudinal sobre as condições de vida e saúde dos idosos residentes no Município de São Paulo.

Clara Nakagawa – psicóloga, diretora da Fundação Brasil Parkinson

Marília Berzins – ?Gr?adua?da em Serviço Social – Faculdades Metropolitanas Unidas (1983) e mestr?e em Gerontologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (2009). Especialista em Gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). ?Presidente do Observatório da Longevidade Humana e Envelhecimento (OLHE).

?Simone Garcia? – Graduada em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul, Especialista em Políticas Públicas e Direitos Humanos pela FAMA- Faculdade de Mauá, MBA em Gestão Pública, técnica responsável no tema de Cuidador de Idosos e Pessoas com Deficiência pelo Governo da Espanha, por meio do Ministério de Emprego e Seguridade Social. Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade da USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Local do evento

 USCS- Universidade Municipal de São Caetano do Sul

 Auditório do Prédio B do Campus da Av.Goias, 3400, bairro Barcelona, São Caetano do Sul.

 retro-telephone-silhouette-16150007 11-4239-3345

email-logo1 www.uscs.edu.br/