Comissão do Idoso da OAB SP reafirma em evento apoio a Rede Solidária da PPI

O Dr. Delton Esteves Pastore, Promotor de Justiça de São Paulo, na área do idoso, do Ministério Público de São Paulo, um dos criadores da Rede Solidaria, fazendo sua palestra. Foto: jornal3idade.com.br

4º Encontro da Rede Solidária de Formação em Envelhecimento da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São PauloA Comissão do Idoso da OAB- SP oficializou seu apoio a Rede Solidária de Formação em Envelhecimento da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São Paulo, ao promover ontem, 29 de agosto, um encontro do projeto, no seu mês de programações especiais.

A Secional São Paulo, maior da OAB em todo o país, com 350 mil advogados e 15 sociedades da profissão inscritas, está comemorando 85 anos esse ano e agosto é o mês dos advogados.

Por isso a iniciativa da presidente da Comissão do Idoso da OSB SP, Dra. Adriana Maria de Fávari Viel, de convidar a PPI para realizar um evento da Rede Solidaria foi importante.  Ela ficou triste com a ausência do presidente, Dr. Marcos da Costa na abertura do encontro, como tinha sido prometida, mas defendeu a postura que a entidade vem mantendo na defesa dos trabalhadores na Reforma da Previdência e o acompanhamento que a direção nacional da entidade está fazendo das questões específicas dos idosos.

Adriana Viel, no começo de agosto foi convidada para fazer parte da Comissão Nacional do Idoso da OAB Nacional. Ela foi designada pelo presidente do Conselho Federal da OAB, Dr. Claudio Lamachia. Ela está se preparando para um encontro nacional das comissões de idosos de todas as secionais da OAB, que está marcado para se realizar na OAB- Piaui.

Palestras do Encontro

4º Encontro da Rede Solidária de Formação em Envelhecimento da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São PauloO 4º Encontro da Rede Solidária de Formação em Envelhecimento da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São Paulo, levou para a plateia três palestras com enfoques diferentes de como trabalhar as questões do envelhecimento, na sociedade.

A dentista, Elizabeth Domingues, também especialista em Saúde Pública, falou da experiência adquirida em relação as instituições de abrigamento de idosos, na época em que foi coordenadora da Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo. Ela deu destaque para a necessidade de fiscalização das ILPIs- Instituições de Longa Permanência (como são chamadas oficialmente agora as casas de repouso ou residenciais geriátricos). Lembrou que não é só tarefa da vigilância esse trabalho, que deve ser acompanhado de perto pelas famílias.

A advogada, Elaine Cristina Muzi Melo Volpini, especializada em Coach de Vida e Carreira fez uma palestra sobre Felicidade, e as diferentes formas das pessoas encontrá-la. Ela enfocou a maneira como as necessidades das pessoas vão mudando com o passar dos anos, com as diferentes fases da vida e como as expectativas do que “a faz feliz” também muda para a pessoa. Destacou que para muitas pessoas, no envelhecimento o estar ativo na família e na sociedade é também um desejo de bem-estar e uma forma de estar feliz.

O Coral da OAB-SP fechou o evento com uma bonita apresentação. Foto: jornal3idade.com.br
O Coral da OAB-SP fechou o evento com uma bonita apresentação. Foto: jornal3idade.com.br

O Dr. Delton Esteves Pastore, Promotor de Justiça de São Paulo, na área do idoso, do Ministério Público de São Paulo, um dos criadores da Rede Solidaria, contou da sua larga experiência no acompanhamento de processos envolvendo idosos e suas famílias. Destacou que o número crescente de velhos na sociedade brasileira coloca a condição de cada vez mais ser responsabilidade das famílias o acompanhamento das instituições. Ele argumenta que já é impossível o Estado assumir todos os encargos de proteção para os idosos. Que não haverá recursos suficientes para construir Centros-Dia e ILPIs gratuitos para milhões de idosos. Alertou para a necessidade urgente da sociedade de apropriar desse debate.

Debates

Nilda Flório, representante do CEI- Conselho Estadual do Idoso de São Paulo, destacou a importância do idoso acompanhar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos pela Comissão do Idoso da OAB-SP, agora que ela voltou a ser de todos os idosos.

Edmundo Picasso, vice-presidente do Sindicato dos Ferroviários Aposentados de São Paulo, destacou a participação dos idosos ainda mais velhos, que tem tido uma atuação mais efetiva na contestação das Reformas que o governo federal está propondo. Lembrou da Marcha realizada no dia 25 de agosto pelas ruas centrais da Capital, contra a Reforma da Previdência, que contou com muitos idosos com mais de 80 anos.

A Rede Solidaria da Pastoral da Pessoa Idosa

A Rede Solidária de Formação em Envelhecimento da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São Paulo foi criada, desde o ano passado, para realizar um importante trabalho de palestras e esclarecimentos das leis existentes a favor dos idosos, como trabalho complementar as visitações domiciliares.

para ampliar é só clicar na foto