Secretário Felipe Sabará disse que abrirá um Novo CRECI em março de 2018

O Secretario Filipe Sabará, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, da Prefeitura de São Paulo. Foto: jornal3idade.com.br

O Secretario Filipe Sabará, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, da Prefeitura de São Paulo, desmentiu a informação de fechamento definitivo do CRECI- Centro de Referência da Cidadania do Idoso, que funciona há 13 anos, na Rua Formosa, no Vale do Anhangabaú, da Região Centro, da Capital.

No final da tarde de ontem, ao término da cerimônia de assinatura da adesão da Capital ao Programa São Paulo Amigo do Idoso, o secretário garantiu ao Jornal da 3ª Idade que o CRECI não será fechado, mas transferido para um outro imóvel na Região Centro, que já está sendo providenciado.   A conversa com Filipe Sabará aconteceu ao lado do Secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, que já exerceu o mesmo cargo em 2005 e que também concordou com a mudança de local.

Jornal da 3ª Idade – Secretário, muitos idosos estão comentando pelas redes sociais que o senhor mandou fechar o CRECI, que atende cerca de 500 idosos por dia e é o principal equipamento de serviços diretos para os mais velhos na Região Centro.

Secretário Filipe Sabará – O CRECI não irá fechar. Ele apenas será transferido de local. Ali não é um bom lugar para os idosos. Não tem boa acessibilidade.

Secretario Floriano Pesaro – Não é um bom lugar. Nunca foi. Nós herdamos aquilo do Governo Marta (referindo-se a ex-prefeita Marta Suplicy) Mantivemos porque já tinha uma certa expertise, mas nunca foi o local ideal. É um lugar insalubre.

Jornal da 3ª Idade – Então posso divulgar a afirmação de que ele não vai fechar e sim mudar de lugar?

Secretário Filipe Sabará – Em 60 dias ele vai mudar de lugar e nesse local vamos colocar um núcleo da CAPS (Centro de Atenção Psicossocial da Secretaria da Saúde) que é justamente para oferecer um atendimento emergencial para a população de rua. Vai ficar um núcleo muito mais próximo da população de rua, num lugar bem central.

Jornal da 3ª Idade – O senhor já pode passar o endereço do novo lugar do CRECI, para colocarmos na entrevista. Assim acalma muitos idosos que hoje estavam tristes e revoltados com a notícia. Foi uma tarde de reclamação geral nas redes sociais.

Secretário Filipe Sabará – Eu não sei de cabeça o novo endereço, mas a assessoria de imprensa lhe passa logo mais.

Horas depois, a assessoria de imprensa, da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, disse por texto: Temos uma estratégia de comunicação para esse novo CRECI. Iremos informar a todos assim que possível. Estamos programando a transferência para o início de março. Não deixaremos de prestar serviços aos idosos que são atendidos