Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de S.Paulo reuniu líderes das suas Regiões

O belo jardim da Casa de Retiro das Irmãs Paulinas serviu para atividades ao ar livre no encontro da PPI com regiões da Arquidiocese de São Paulo. Foto: jornal3idade.com.br

A Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São Paulo realizou no último, domingo 18 de março, da Casa de Retiro das Irmãs Paulinas, na Rodovia Raposo Tavares, um encontro regional com 60 líderes responsáveis pelo trabalho com idosos em cinco regiões episcopais da cidade.

Estavam presentes representantes da Região Sé, da Região Lapa, da Região Ipiranga e da Região Santana. Das seis divisões da Arquidiocese de São Paulo somente a da Brasilândia não tem ainda a PPI implantada.

Participaram 60 pessoas, coordenadores e líderes, das 5 regiões episcopais da Arquidiocese de São Paulo. Foto: jornal3idade.com.br

O tema do encontro foi “O fortalecimento da espiritualidade na missão do laicato”, com a intenção de debater com os membros da Pastoral da Pessoa Idosa as propostas das efemérides colocadas para a igreja em 2018.

A igreja católica no Brasil estabeleceu o período de 26 de novembro de 2017 até 25 de novembro de 2018, como o “Ano do Laicato”, com o objetivo de discutir a atuação dos cristãos leigos e leigas no país, de aprofundar a identidade e a vocação das missões de cada um e ensinar como enxergar a espiritualidade em todos os trabalhos.

A Campanha da Fraternidade, realizada desde 1964, esse ano tem como tema Fraternidade e superação da violência e como lema Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8).

A espiritualidade em todos os atos

Eunice Lopes da PPI do Ipiranga, Seminarista Antônio, Conceição de Carvalho coordenadora da PPI na Arquidiocese de São Paulo, Jadson José Baracho da Silva do Conselho Nacional do Laicato do Brasil e sua esposa Nazaré. Foto: jornal3idade.com.br

Para falar sobre o tema da “Espiritualidade” foi convidado o seminarista Salesiano, Antônio, natural de Cachoeira do Itapemirim, no Espirito Santo, que está terminando seu período preordenamento, no Instituto Salesiano Pio XI, no bairro da lapa, na Zona Oeste da Capital.

Ele fez uma série de atividades ao ar livre, aproveitando o belo jardim das Paulinas, e em todas elas ressaltou que a espiritualidade, baseada em três pressupostos, está em todos os lugares e em todas ações: ” 1) na oração que é a nosso compromisso místico, 2) no lazer, porque todos precisamos e 3) na partilha que temos que fazer com todas as pessoas”.

A missão dos leigos na Igreja

Baracho faz palestra sobre o Ano do Laicato na igreja católica. Foto: jornal3idade.com.br

O eclesiólogo, Jadson José Baracho da Silva, que é membro da presidência do CNLB – Conselho Nacional do Laicato no Brasil Regional Sul 1, membro da diretoria do CNLB  Santana e da PPI da Igreja da Achiropita, do Bexiga, fez uma retrospectiva do teor do Documento 105, fruto da 54° Assembleia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), de 2016 que retomou o debate sobre a participação dos cristãos leigos e leigas na igreja e na sociedade.

Baracho, como é tratado por todos, que também é membro da Pastoral da Criança da Igreja da Achiropita fez uma palestra apontando os principais pontos do Documento 105 e comentou que “o leigo é um sujeito eclesial, não parte passiva da Igreja, nem objeto apenas da evangelização, mas membro vivo e participativo”.

“Os leigos são especialmente chamados a tornarem-se presentes e operosa a igreja naqueles lugares e circunstâncias onde, apenas através deles, o sal, o fermento e a luz do Evangelho podem chegar”, está escrito no texto da Arquidiocese de São Paulo.

O crescimento do trabalho da Pastoral da Pessoa Idosa

Nosso empenho está em cada dia abrir uma nova PPI, numa paróquia ainda não trabalhada e atender os idosos daquela comunidade. Nós estamos implantados em 5 regiões Lapa, Sé, Belém, Santana, Ipiranga. Estamos trabalhando para implantar a Região Brasilândia, explicou a coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa da Arquidiocese de São Paulo, Conceição Aparecida de Carvalho.

No encerramento do encontro foi realizada uma celebração e a coordenadora da PPI na Arquidiocese de São Paulo apresentou a réplica da flâmula que ela entregou ao Papa Francisco, quando de sua viagem ao Vaticano, para lembrá-lo da ação da Pastoral da Pessoa Idosa.