Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira fará confraternização em 5/12

Encerramento do Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira , no encontro de novembro de 2018. Foto: jornal3idade.com.br

O Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira, da Zona Sul da Capital, em São Paulo, vai fazer a sua confraternização de final de ano no próximo dia 5 de dezembro, nas dependências da Subprefeitura de Cidade Ademar, na Av. Yervant Kissajikian, 416 , onde mensalmente faz os seus encontros.

No dia 14 de novembro o Jornal da 3a Idade esteve acompanhando o encontro do mês, desse Fórum, quando mais de 100 pessoas, quase todas usuárias dos equipamentos da Prefeitura no entorno, prestigiavam a palestra do advogado Dr. Paulo César Neves, que fez uma leitura sobre o Estatuto do Idoso e as suas Conquistas.

Membros da organização do Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira, o palestrante Dr. Paulo César Neves e convidados. Foto: jornal3idade.com.br

Dono de um vasto currículo em diferentes áreas, o profissional que vem se dedicando a orientar voluntariamente movimentos sociais, já tendo atuado como professor de Gramática da Língua Portuguesa, por quatorze anos, na Educafro e que atualmente ministra aulas de oratória no CEU Cidade Dutra, surpreendeu pela facilidade de envolver os idosos presentes e prender a atenção da plateia.

Participavam nesse dia, do  Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira, representantes de seis núcleos de convivência de idosos do território de abrangência da Subprefeitura: NCI Portela, NCI Crê-Ser, NCI Espaço Aberto, NCI Pedreira, NCI Viver Melhor e NCI Castelinho. Também representantes do CRAS I e CRAS II e da SASF I e SASF II.

Estavam presentes quatro pessoas da Comissão Coordenadora do Fórum: Rosemary Haeberline e Aparecida de Souza Lima que são conselheiras titulares como representantes da Região Sul, no GCMI- Grande Conselho Municipal do Idoso, Madalena Costalunga, do Fórum Paulista de Conscientização do Envelhecimento e Lúcia do NCI Miriam.

O Fórum da Pessoa Idosa de Cidade Ademar e Pedreira abrange um território que segundo projeções da Fundação Seade chegará em julho do próximo ano com mais de 53 mil idosos.