Conselho Estadual do Idoso de São Paulo empossa Conselheiros 2018- 2020

A esquerda Marly Lautenschlager Cortez Alves, vice presidente e a direita Vera Luzia do Nascimento Fritz, a presidente. Ambas para a gestão 2018-2020. Foto: jornal3idade.com.br
A esquerda Marly Lautenschlager Cortez Alves, vice presidente e a direita Vera Luzia do Nascimento Fritz, a presidente. Ambas para a gestão 2018-2020. Foto: jornal3idade.com.br

A professora de Educação Física, Vera Luzia do Nascimento Fritz, de 68 anos, ex-presidente do Conselho Municipal de Valinhos, que estava como vice-presidente da gestão passada, assumiu hoje a tarde a presidência do CEI- Conselho Estadual do Idoso do Estado de São Paulo, para o biênio 2018-2020, como representante da sociedade civil.

Como vice ficou a professora Marly Lautenschlager Cortez Alves, representando o poder público. Ela que é uma das coordenadoras do programa São Paulo Amigo do Idoso retoma a executiva do CEI, do qual foi presidente no período de 2012-2013.

Com elas também tomaram posse 46 conselheiros, representantes da sociedade civil e do poder público. Entre eles veteranos de algumas gestões anteriores e outros que nunca tiveram contato mais próximos com a área.

Secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento Silva Jr oficializando a entrada dos novos membros.
Foto: jornal3idade.com.br

Transmissão pela manhã

A reunião da posse dos novos conselheiros foi realizada no período da manhã, com a fisioterapeuta Claudia Fló que deixou a presidência e o Secretário Estadual de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento Silva Jr  oficializando a entrada dos novos membros.

O Secretário que é vereador de São Paulo disse que ao retomar seu cargo, após a mudança do governo estadual, pretende continuar trabalhando pelos interesses dos idosos.  Ele é filho do deputado estadual Gilberto Nascimento Silva, atual vice-presidente da CIDOSO- Comissão de Defesa dos Direitos da pessoa Idosa, da Câmara dos Deputados.

Votação colegiada a tarde

A escolha para a nova presidente entre os conselheiros da sociedade civil (como nos demais conselhos a presidência é alternada, a cada gestão, entre poder público e sociedade civil) foi disputada por duas conselheiras, sendo a a professora de Educação Física, Vera Luzia do Nascimento Fritz a que recebeu a maioria dos votos.

Parte dos novos conselheiros da gestão 2018-2020. Foto: jornal3idade.com.br

Tirar o atraso

O novo Conselho Estadual do Idoso pretende começar acelerado para compensar o atraso, já que essa transmissão deveria ter acontecido em agosto. A tradicional acomodação que ocorre quando entra um novo governo deverá ser saltada em função de um calendário corrido. Até março de 2019, deverão ser realizadas as conferências municipais e até o final de julho a conferência estadual, segundo a regulamentação do Conselho Nacional do Idoso.

Por isso, além das quatro Comissões Regulares do CEI, uma nova temporária para tratar somente da organização da Conferência Estadual foi criada e já realizou hoje sua primeira reunião, logo após a posse.