Sandra Michellim é a nova coordenadora Estadual da Pastoral da Pessoa Idosa SP

Sandra Michellin eleita coordenadora da PPI SO, com Thereza e Ziza ex-coordenadoras estaduais. Foto: jornal3idade.com.br
Sandra Michellin nova coordenadora estadual da Pastoral da Pessoa Idosa de SP, para o período 2019-2023, com direito a reeleição, com o esposo Almir José Michellim, também líder da PPI de Limeira. Foto: jornal3idade.com.br

Há 17 dias, no sábado dia 23 de março, a Pastoral da Pessoa Idosa do Estado de São Paulo realizou, durante encontro com coordenadores diocesanos e representantes das pastorais localizadas nas regiões episcopais que formam a divisão Regional Sul 1 da CNBB- Conferência Nacional dos Bispos do Brasil- da qual a PPI faz parte, uma assembleia eletiva que escolheu como nova Coordenadora Estadual de SP, Sandra Regina Capana Michellim, da Diocese de Limeira.

Todo o encontro, ocorrido no Centro de Encontro Sagrada Família das Irmãs Paulinas, no bairro do Ipiranga, foi dirigido pela Coordenadora Nacional da PPI, Irmã Terezinha Tortelli e acompanhado por Dom Gorgônio Alves Da Encarnação Neto, Bispo Diocesano de Itapetininga, Bispo referencial da PPI na CNBB. O Regional Sul 1 é composto por 41 (arqui) dioceses e 6 Regiões Episcopais, divididas por 8 sub-regiões Pastorais: Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto I e II, São Paulo I e II e Sorocaba.   

Tradicionalmente é feita uma lista tríplice para ser encaminha para que o bispo responsável faça a escolha final. Foram votadas: Cinesia Santos que é coordenadora diocesana na PPI de São José dos Campos, Lúcia Secoti coordenadora diocesana na PPI de Campinas e Sandra Michellim, coordenadora diocesana na PPI de Limeira. Cinesia, a mais votada abriu mão dessas funções em razão de compromissos familiares assumidos, que a impedem no momento de viajar. Lúcia Secoti também abriu mão em função de ser a atual presidente do CNDI- Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa que está preparando a 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, marcada para novembro em Brasília. 

Dom Gorgônio, Irmã Terezinha Tortelli e as coordenadoras diocesanas eleitas para a lista tríplice. Foto: jornal3idade.com.br

Recebo essa missão com muita humildade e fé. Comecei como Líder da PPI em fevereiro de 2009, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora em Americana. Em 2010 já era Coordenadora Paroquial e em 2012 fui eleita Coordenadora Diocesana. São quase 7 anos de Coordenação e muito amor pela missão. A Pastoral da Pessoa Idosa está em 6 Municípios da Diocese, com 318 Líderes capacitados em 28 Paróquias, acompanhando 1368 famílias e 1755 Pessoas Idosas. É o olhar misericordioso de Deus sendo levado pelos Líderes para aquelas pessoas mais fragilizadas. Sou grata à Deus por ter me escolhido, me capacitado e me lançando em águas mais profundas.  Tenho hoje um sentimento de dever cumprido, disse Sandra Michellim a nova Coordenadora Estadual da Pastoral da Pessoa Idosa de SP.

Quem deixou o cargo depois de sete anos de coordenação foi a professora aposentada, Thereza Maciel que trabalhou muito para a expansão da PPI nas dioceses. Ela deixa o cargo com a PPI -SP com mais de 3 mil líderes, atuando em 118 municípios, atendendo cerca de 18 mil idosos, em mais de 14 mil famílias. Perguntada sobre o que acredita ser seu maior legado nesse trabalho, ela lembrou a sensibilização que sentiu dos senhores Bispos, ao participar na Assembleia do Regional Sul1, em junho de 2018. Thereza além de continuar atuando na PPI é também a atual presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa da cidade de Aparecida e foi uma das coordenadoras da da 1ª Conferência Regional da Pessoa Idosa do Vale do Paraíba, que reuniu cinco cidades da região, no dia 23 de março.

Dom Gorgônio e a coordenadora da PPI na Arquidiocese de São Paulo, Conceição Aparecida de Carvalho. Foto: jornal3idade.com.br

Precisamos cuidar com muita atenção dos idosos da nossa comunidade, não só os da nossa paróquia, não só dos católicos, mas de todos que a nossa volta precisam de apoio, solidariedade e atenção. Estamos vivendo um momento muito difícil e mais do que nunca precisamos ser solidários, disse Dom Gorgônio.

A coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa na Arquidiocese de São Paulo, Conceicão Aparecida de Carvalho em nome das líderes da PPI da Capital e da Rede Solidária de Formação em Envelhecimento exaltou com gratidão o trabalho desenvolvido nos últimos anos pela professora Thereza Maciel, desejando a Sandra Michellin o mesmo êxito na tarefa.