Pastoral da Pessoa Idosa Nacional publica Nota de Repúdio ao Decreto 9759

Logotipo oficial da PPI.
Logotipo oficial da PPI.

A Pastoral da Pessoa Idosa, fundada em 2004 pela médica sanitarista Zilda Arns, como um organismo da CNBB- Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, sediada em Curitiba, que atende 172 mil pessoas idosas em situação de pobreza e vulnerabilidade, através do trabalho voluntário de mais de 20 mil  pessoas colaboradoras, divulgou hoje uma Nota de Repúdio sobre a reforma da Previdência e sobre o Decreto 9.759/2019.

No texto a entidade expressa profunda preocupação em relação as consequências que poderão sofrer os idosos mais pobres, se o modelo de Reforma que o governo defende for aprovado. A extinção dos conselhos de direito proposto também é enjeitada pelo documento.

Íntegra da Nota da PPI