Brasil assina na OEA Convenção Interamericana de Direitos dos Idosos

Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Embaixador Mauro Vieira, na abertura da 45ª Assembleia da OEA-Organização dos Estados Americanos.
Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Embaixador Mauro Vieira, na abertura da 45ª Assembleia da OEA-Organização dos Estados Americanos.
Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Embaixador Mauro Vieira, na abertura da 45ª Assembleia da OEA-Organização dos Estados Americanos.

A Organização dos Estados Americanos, em sua 45ª Assembleia Geral, realizada no dia 15 de junho, em Washington, nos EUA, aprovou e abriu para assinatura a Convenção Interamericana sobre os Direitos das Pessoas Idosas.

O Brasil, representado pelo Secretário-Geral das Relações Exteriores, Embaixador Sérgio França Danese, foi um dos primeiros signatários da Convenção.

Esse é o primeiro instrumento internacional juridicamente vinculante voltado para a proteção e promoção dos direitos das pessoas idosas.Sua aprovação constitui avanço nos esforços para assegurar, em caráter permanente, os direitos desse grupo populacional.

A Convenção reconhece as pessoas idosas como sujeitos de direitos, empoderando-as e garantindo a sua plena inclusão, integração e participação na sociedade.