10ª Caminhada Contra Violência a Pessoa Idosa foi nas ruas do Centro Capital

Para chamar a atenção para o aumento dos números de casos de violência contra as pessoas idosas, aconteceu ontem pelas ruas do Centro, a 10ª Caminhada Anual de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa do Município de São Paulo, com a participação de representantes de diferentes entidades e grupos que atuam no movimento de defesa dos direitos dos paulistanos mais velhos.

Em 2019 várias caminhadas “filhotes” que já tinham nascido inspirada por essa e outras novas também se realizaram  também na semana passada nos bairros, envolvendo idosos que participam dos Fóruns da Pessoa Idosa das suas regiões, várias com apoio das Subprefeituras. 

O Disque 100, o serviço que o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos disponibiliza 24 horas, todos os dias, para denúncias de violação de direitos, com ligações que podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), aproveitou o Junho Violeta para divulgar os dados finais de 2018.

O serviço federal recebeu de todo o país mais de 37 mil denúncias: 38% foram de negligência, 26% de violência psicológica e 20% das ligações de abusos financeiros e patrimoniais e 12% das denúncias foram de violência física. Mais de 14 mil vítimas são idosos que têm algum tipo de deficiência, seja física, mental, visual, auditiva.

São Paulo é o estado com maior número de denúncias com 9.010 chamados, a frente de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

video Jornal da TVT