A tradição das fogueiras nas noites de São João nasceu com festivais pagãos

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Várias celebrações pagãs que eram praticadas na Idade Média foram conservadas pelo cristianismo na Europa e acabaram chegando as américas pelos colonizadores. Uma delas é a noite de São João, celebrada sempre em 24 de junho, data que os católicos festejam o nascimento de São João Batista.

Mesmo sem conhecer a origem exata, João é o 4º nome mais usado no Brasil, segundo  o programa Nomes do Brasil do IBGE, que de acordo com o Censo Demográfico 2010, quando existiam entre os cerca de 200 milhões de habitantes e mais de 130 mil nomes diferentes.

Na Idade Média

Há milhares de anos, os festivais pagãos cultuavam o Sol, considerado um dos seus deuses e por ser a estrela do rei. Ascender a fogueira quando estava começando o solstício de verão no hemisfério norte, quando a escuridão estava indo embora dando lugar a luz do verão, representava espantar os maus espíritos ou quebrar as coisas ruins que aconteceram.

Vários rituais que existiam naquela época se reproduzem até hoje. Um dos mais conhecidos é pular a fogueira sete vezes para atrair boa sorte. Nas cidades a beira-mar tem que mantenha a tradição de entrar no mar à meia-noite e saltar nove ondas para dar sorte. Escrever no papel o que se quer realizar ainda no mesmo ano e, em seguida, jogar no fogo.

Embora a mudança da estação aconteça no dia 21 de junho, no hemisfério norte a chegada do solstício de verão é celebrada no dia 24 de junho e assim costumou-se dizer que é a data do dia mais longo e a noite mais curta. No hemisfério sul vivemos o dia mais curto e a noite mais longa.

São João Batista

No cristianismo o 24 de junho é a data do nascimento de São João Batista. Segundo a tradição católica, a fogueira tem sua origem em um trato feito pelas primas Isabel (mãe de São João Batista) e Maria (mãe de Jesus Cristo). Isabel teria mandado acender uma fogueira no topo de um monte para avisar sua prima Maria que seu filho havia nascido.

As festas tradicionais com fogueiras no Brasil são juninas que se realizam durante todo o mês de junho e comemoram Santo Antônio em 13 de junho; São João em 24 de junho e São Pedro em 29 de junho.