Seminário reunirá mestres japoneses que desenvolveram Aikido no Brasil

Ono Sensei, na sua academia. Foto: Ricardo Miyajima
Ono Sensei, 89 anos, numa cena do documentário " Envelhecência", do diretornnnnnnnn. Foto: Daniel Dias
Ono Sensei, 89 anos, numa cena do documentário ” Envelhescência”, do diretor Gabriel Martinez. Foto: Daniel Dias

Dois mestres que imigraram do Japão para o Brasil há décadas, que treinam e ensinam o Aikido em regiões diferentes do país, vão se encontrar pela primeira vez em um seminário, em São Paulo, aberto a praticantes e para o público em geral. O evento será nos dias 4 e 5 de julho, no Sesc Ipiranga, em São Paulo.

Ono Shihan, 89 anos, veio para o Brasil, em 1934, aos 8 anos de idade, e pratica Aikido, em São Paulo, há 52 anos, desde quando esta arte marcial foi introduzida no país por Kawai Shihan, falecido em 2010.

Shikanai    Foto: divulgação.
Shikanai Shihan, 67 anos. Foto: divulgação.

Shikanai Shihan, 67 anos, está completando 40 anos no Brasil. Aqui chegou para ensinar Aikido no Rio de Janeiro, transferindo-se para Belo Horizonte em 1984, onde se mantém em atividade.

Ambos os Shihan (título de mestre concedido pela Fundação Aikikai, no Japão, em reconhecimento à dedicação ao Aikido) formaram centenas de instrutores (sensei), que são responsáveis ou dão aulas em academias (dojos) filiadas em dezenas de cidades do Brasil e no exterior.

O Aikido é uma arte marcial japonesa criada na década de 40 pelo mestre japonês Mohirei Ueshiba. O termo Aikido é composto por três palavras: Ai (Harmonia); Ki (Energia) e Do (Caminho), ou seja, o Caminho da Harmonia pela Energia. Pode ser praticado por pessoas de todas as idades e não tem competição.

Como filosofia, o Aikido traz ensinamentos para toda a vida, em especial sobre como lidar com situações difíceis. Em vez do conflito, que visa destruir e submeter o outro, o Aikido busca criar uma nova perspectiva para uma situação na qual a pessoa que ataca é imobilizada ou projetada como recurso de autopreservação de quem é atacado. Esta visão da arte marcial também vem sendo utilizada por empresas e instituições públicas em momentos de crise.

Na medida em que crescem no aprendizado das técnicas, os aikidoístas também devem evoluir na maneira como lidam com desafios cotidianos e nos relacionamentos, além de se desenvolver pessoalmente, em todos os níveis: físico, emocional, mental e espiritual.

O seminário “Diálogo de dois mestres” será um encontro histórico entre dois exemplos de abnegação e compromisso com o ensino do Aikido, por meio da excelência técnica e da procura da harmonia e da paz. O evento será aberto a todos os praticantes de Aikido e ao público interessado em conhecer esta arte marcial.

Sobre Ono Shihan

Keizen Ono, 7° Dan, nasceu em 1º de outubro de 1925 em Tóquio, Japão, e chegou ao Brasil em 1934. Iniciou seus treinamentos em 1963, ano em que o Aikido foi introduzido no país. Fundou a Associação Pesquisa de Aikido (APA) em 1979, à qual hoje se associam dojos nos estados de São Paulo (capital, São Roque e Jundiaí), Espírito Santo (Vitória, Serra, Vila Velha e Cariacica), além de Cuiabá (MT), Campos dos Goytacazes (RJ) e Arequipa (Peru). Aos 89 anos de idade, Ono Sensei está em plena atividade, ministrando aulas quase diariamente. Nos últimos 6 anos, vem aperfeiçoando a técnica de ensino do Kokyu-Ho (respiração) como recurso essencial para o desenvolvimento do Aikido e principalmente para o musubi, que é a unificação do indivíduo com a fonte original da vida. Este método integra uma visão espiritual ao treinamento, o que contribui para a qualidade de vida e também para o desenvolvimento dos katas (golpes).

Academia: www.aikidopesquisa.com.br

Shikanai Shihan

Ichitami Shikanai, 7º dan, nasceu em Aomori, Japão, em 30 de julho de 1947. Estudou economia na Universidade Meiji (Tóquio) e veio para o Brasil em 1975, na delegação do seu professor de Aikido, Yasuo Kobayashi. Iniciou suas atividades no estado do Rio de Janeiro, como um dos representantes no Brasil perante à Academia Central, Fundação Aikikai, do Japão.

Além de mestre em Aikido, é faixa preta, 2º dan, em Jodo e Iaido. Reside em Belo Horizonte desde 1984, onde fundou e administra o Nakatani Dojo, ao qual se filiam três dojos no estado do Rio de Janeiro (Barra Mansa, Niterói e capital), além de Belém (PA), Belo Horizonte, Brasília, Goiânia e Jerusalém (Israel).

Academia: www.nakatanidojo.com.br

SEMINÁRIO DE AIKIDO – UM DIÁLOGO DE DOIS MESTRES
Dias 4 e 5 de julho de 2015
Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822 – São Paulo/SP

Inscrições: aikido.seminario@gmail.com
Informações: (11) 5081-7417

PROGRAMAÇÃO

Dia 4 de julho – sábado

10:00 – 10:15 – Abertura
10:15 – 12:00 – Aula de Ono Sensei para aikidoístas
12:00 – 14:00 – Intervalo para almoço
14:00 – 15:00 – Aula para crianças – aberta ao público
15:15 – 16:30 – Aula de Ono Sensei para aikidoístas
16:45 – 17:00 – Sessão de fotos

Dia 5 de julho – domingo

10:00 – 10:15 – Abertura
10:15 – 12:00 – Aula de Shikanai Sensei para aikidoístas
12:00 – 14:00 – Intervalo para almoço
14:00 – 15:00 – Treino aberto ao público, com instrutores de Shikanai Sensei
15:15 – 16: 30 – Aula de Shikanai Sensei para aikidoístas