Campos do Jordão inaugurou o Centro de Convivência do Idoso Wilma Jundi Dubieu

Centro de Convivência do Idoso Wilma Jundi Dubieux inaugurado em Campos do Jordão vai atender 200 idosos por dia. Foto: Secom PMCJ
Centro de Convivência do Idoso Wilma Jundi Dubieux inaugurado em Campos do Jordão vai atender 200 idosos por dia. Foto: Secom PMCJ

A Prefeitura de Campos do Jordão, cidade encravada na Serra da Mantiqueira, no Vale do Paraíba Paulistano, inaugurou no último sábado, 20 de julho, o Centro de Convivência do Idoso Wilma Jundi Dubieux. O novo equipamento público vai atender até 200 idosos independentes em situação de vulnerabilidade, a partir dos 60 anos.

O novo CCI custou R$ 716,9 mil, sendo que R$ 250 mil foram investidos pelo Governo do Estado, através do programa São Paulo Amigo do Idoso e o restante pela Prefeitura de Campos do Jordão, com verba do Fundo Municipal do Idoso e com apoio da Comgás. Foi construído no lugar onde antes funcionava o antigo prédio da Defesa Civil e o nome homenageia no voluntariado social, falecida no início do mês, que por 30 anos,  se voltou ao trabalho com gestantes e saúde da mulher grávida.

O Centro de Convivência do Idoso Wilma Jundi Dubieux tem 250 metros quadrados de área construída, possui um salão de convivência de 90 m², três sanitários (feminino, masculino e acessível), cozinha, despensa, área de serviço e escritório. O prédio, segundo a Prefeitura, foi totalmente adaptado e pensado para o desenvolvimento das atividades com os idosos e terá também a função de um polo irradiador de políticas públicas para a população com mais de 60 anos.

Na cerimônia, além do Prefeito de Campos do Jordão, Fred Guidoni e da presidente do Fundo Social de Solidariedade Juliana Vieira Cintra, participaram autoridades locais e o Governador João Dória que ressaltou no seu discurso que esse foi o 12º Centro de Convivência do Idoso inaugurado na sua gestão.