Vice-presidente do CEI AL fala da 5ª Conferência Estadual que começa hoje

Assistente Social formada pela UFAL; Especialista em Gerontologia pela Universidade de Barcelona; Aluna de Pós-graduação em Gerontologia Social na PUC-SP, atual vice-presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa de Alagoas.

A vice-presidente do CEI AL- Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Alagoas, Maria Betânia Jatobá de Almeida, assistente social de formação e Especialista em Gerontologia pela Universidade de Barcelona conversou com o Jornal da 3ª Idade sobre a “5ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa” que começa hoje em Maceió.

A presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Alagoas, representando o governo estadual, é Elisabeth Toledo de Lima. 

A 5ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Alagoas está marcada para as dependências do Maceió Mar Hotel, situado na Avenida Álvaro Otacílio, nº 2991, Ponta Verde.

Betânia, como todos a tratam é uma das profissionais que ajudaram a construir a Política Nacional do Idoso e trabalhou por vários anos no Amazonas, fazendo parte da equipe que instalou programas pioneiros da PNI em Manaus.

Jornal da 3a Idade– Quantas cidades no Estado tem conselhos municipais formados e quantos conseguiram realizar a conferência municipal?

Maria Betânia Jatobá de Almeida, vice-presidente do CEI-Al – Alagoas tem 26 municípios com Conselhos Municipais implantados através da lei de criação e aprovados nas câmaras municipais. No entanto, somente 17 deles estão em pleno funcionamento e somente 15 realizaram suas  conferências municipais. Todos conseguiram reunir 1500 Idosos presentes. Foram eleitos 180 delegados, sendo 60% representantes da sociedade civil priorizando a participação dos idosos e 40% representantes do Governo.

Jornal da 3a Idade–  Qual a expectativa da realização da Conferência Estadual de Alagoas diante do cancelamento da 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa que estava marcada há dois anos pra ser realizada em novembro de 2019?

Maria Betânia Jatobá de Almeida, vice-presidente do CEI-Al – Não estamos desanimados, pelo contrário, entendemos que agora MAIS DO QUE NUNCA temos que nos unirmos e fundamentar nossas ações diante dos gestores para que possamos implantar políticas públicas para os idosos, efetivas no Estado de Alagoas.

Programação

2 de setembro de 2019 (segunda-feira)

12:00h – Credenciamento.

14:00h – Solenidade de Abertura (Composição da Mesa, Hino Nacional, Apresentação Cultural, Leitura e Votação do Regimento da V Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa).

15:00h – Conferência Magna: “O Desafio de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas” – Albamaria Abigail Paulino de Campos – Mestra em Políticas Públicas para o Envelhecimento e Gerontóloga.

16:00h – Palestra: “As faces da Violência contra a Pessoa Idosa em Alagoas” – Dr. Vladimir Paz de Lima – Juiz da 26ª Vara da Família.

16:40h – Trabalho em Grupo:

Eixo I – Direitos Fundamentais na Construção/ Efetivação das Políticas: Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura, Esporte e Lazer.

Eixo II – Educação: assegurando direitos e emancipação humana.

Eixo III – Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa.

Eixo IV – Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

18:30h – Coquetel

3 de setembro de 2019 (terça-feira)

09:00h – Plenária Final

11:00h – Eleição dos Delegados

12:00h – Mesa de Encerramento

13:00h – Almoço