Indaiatuba anuncia Vila dos Idosos um condomínio de 40 casas em comodato social

Desenho do projeto da Vila dos Idosos de Indaiatuba, no Interior de Pão Paulo. Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI
Desenho do projeto da Vila dos Idosos de Indaiatuba, no Interior de Pão Paulo. Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba anunciou hoje que iniciará ainda este ano a construção da Vila dos Idosos, um condomínio fechado de casas térreas que será direcionado para idosos solteiros ou casais, que sejam independentes para a realização de tarefas do dia a dia.

A Vila será construída em área da administração municipal situada no Jardim Bréscia, na região do Parque Indaiá, com recursos próprios, baseado no ‘Vila Dignidade’, do Governo do Estado de São Paulo, mas com algumas adaptações.

O Prefeito Nilson Gaspar (MDB) explicou que o objetivo do projeto é beneficiar os idosos que têm renda mas não conseguem financiar um imóvel.

O Secretário Municipal de Habitação, Jorge Luis Lepinsk, disse que, pelo projeto, os beneficiários da Vila dos Idosos serão mutuários, ou seja, quando, por algum motivo, eles deixarem os imóveis, as residências serão destinadas para outros idosos constantes no cadastro habitacional que cumpram os critérios predeterminados. Entre os critérios para a seleção estão: ter acima de 60 anos, morar em Indaiatuba há pelo menos cinco anos e não possuir imóvel. Não serão admitidos outros moradores no condomínio, como dependentes ou cuidadores.

Concorrência pública

No período de 23 de agosto a 24 de setembro 19 empresas enviaram propostas para a concorrência pública que visa a contratação de especializada para a execução das obras. O Departamento de Licitações avaliará a documentação enviada para a habilitação das empresas que participarão da concorrência.

A Vila dos Idosos será composta por 40 casas de 40,16 m² com sala, cozinha quarto e banheiro. O local terá área de lazer, academia ao ar livre e salão social com sala de enfermagem e consultório médico. O prazo para a conclusão da obra é de 12 meses a partir da emissão da ordem de serviço.