Idosos precisam estar atentos para os locais da Campanha de Vacinação H1N1 na sua cidade

Vacinação contra gripe em idosos antecipada em 2020: Foto: jornal3idade.com..br
Vacinação contra gripe em idosos antecipada em 2020: Foto: jornal3idade.com..br

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, contra gripe H1N1, que começa amanhã, segunda-feira 23 de março, em todo o país, tem como calendário geral a antecipação para idosos e profissionais que atuam na área da saúde. No entanto cada cidade tem seus critérios de organização por isso é importante buscar informação correta para não sair de casa em horário e local desnecessário.

Além dos idosos, também os profissionais de saúde, os cuidadores de idosos e funcionários de instituições de longa permanência serão imunizados nessa primeira fase, que segue até 15 de abril.

A vacinação contra a Influenza não protege contra o coronavírus, mas vai auxiliar os profissionais de saúde no diagnóstico do COVID-19, ao descartarem os outros tipos de gripe na triagem, pelo histórico vacinal. A influenza é uma doença infecciosa febril aguda, com maior risco de complicações em alguns grupos vulneráveis, que pode evoluir para formas mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e até a morte.

Na capital, em São Paulo, as doses estarão disponíveis nas 468 Unidades Básicas de Saúde, que montarão salas especiais para atender os idosos.

A orientação para os profissionais que farão parte da campanha é que seja feita uma triagem antes da vacinação, orientando quanto às precauções e  principalmente identificando sintomáticos respiratórios, para que seja oferecida a máscara cirúrgica e o seu atendimento seja priorizado durante a vacinação.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) também organiza a vacinação extramuros e em domicílio para atender os casos prioritários, conforme identificação das Equipes de Estratégias da Família (ESF) que atuam nos territórios.

Etapas oficiais da vacinação em SP

A ação será dividida em três etapas. Inicialmente, serão imunizadas todas as pessoas com idade a partir dos 60 anos e profissionais da saúde. Na segunda etapa, a partir do dia 16 de abril, os professores, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e profissionais das forças de segurança e salvamento. A partir do dia 9 de maio a vacinação estará voltada a crianças na faixa etária dos 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos de idade. O dia “D” de mobilização nacional de vacinação contra a Influenza será no dia 9 de maio. A campanha está prevista para seguir até o dia 22 de maio.

Onde se vacinar na Capital em São Paulo

Para saber qual a UBS mais próxima de sua residência, basta acessar o link Busca Saúde

Mais orientações no site da Secretaria de Saúde da Preferia de São Paulo

Vacinação nas Farmácias só em abril – Idosos não devem esperar 

Somente a partir de 13 de abril as farmácias associadas da Abrafarma irão atuar, em caráter auxiliar às UBS na Capital de São Paulo. Entrará como reforço, três dias antes do início da segunda etapa, a partir do dia 16 de abril, para os professores, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Não é recomendado que os idosos esperem.