Sociedade Portuguesa de Medicina Interna debaterá Geriatria na formação de todos os médicos

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna vai debater como principal tema da sua 4ª Reunião Anual do GERMI, marcada para se realizar de forma virtual, nos dias 22 e 23 de outubro, a necessidade de formação em Geriatria, de todos os médicos.

Os diretores da entidade afirmam que a pandemia da Covid-19 enfatizou a vulnerabilidade das pessoas idosas, principalmente em eventos adversos como o confinamento no domicílio. Ressaltam a importância da atualização de conhecimentos sobre Geriatria, visto que o aumento da -população idosa vai exigir de todas as especialidades cada vez mais, cuidados de saúde e sociais especializados.

Na reunião serão abordados temas como a diabetes nas pessoas idosas, dilemas no tratamento farmacológico, projetos para a promoção do envelhecimento saudável, promoção da autonomia do doente idoso, gestão do doente fora do internamento, a importância da geriatria nas outras especialidades e, a alimentação no doente idoso com demência entre outros.

“Os nossos hospitais não estão preparados para o internamento de doentes idosos, com idade média de 80 anos. Temos necessidade dos hospitais se adaptarem a esta realidade, que cada vez mais se afirmará com o envelhecimento populacional, disse João Gorjão Clara, coordenador do Núcleo de Estudos de Geriatria (NEGERMI) da SPMI.

Os interessados devem consultar mais informação Aqui.