Conselhos Municipais da Pessoa Idosa nas Capitais conforme a lei de criação

Os conselhos municipais da pessoa idosa nas demais capitais 

Aracaju  criado pela Lei Complementar nº 003 de 30 de dezembro de 1991

Belém –  criado pela Lei nº 7.988, de 3 de janeiro de 2000

Belo Horizonte – criado pela Lei nº 6.173, de 28 de maio de 1992 de Belo Horizonte

Boa Vista – criado pela Lei nº 497 de 1999

Brasília – criado pela Lei nº 218, de 26 de dezembro de 1991 

Campo Grande – criado pela Lei nº 9275 de 30 de maio 2005

Cuiabá criado  pela Lei nº 3162 de 16 de julho de 1993

Curitiba criado  pela Lei nº 11919 de 26 de setembro de 2006

Florianópolis criado pela Lei 5.371 de 1998

Fortaleza criado pela LEI Nº 9402 de 3 de junho de 2008

Goiânia criado pela Lei nº 8083 de 4 de janeiro de 2002

João Pessoa criado pela lei nº 12.303 de 12 de janeiro de 2012

Macapá criado pela Lei nº 1.084 de 23 de agosto de 2000

Maceió criado pela Lei nº 4.559 de 1996

Manaus criado pela Lei nº 628 de 8 de novembro 2001

Natal criado pela Lei nº 5.129 de 1999

Palmas – criado pela Lei nº Lei nº 842 de 08 de outubro de 1999

Porto Alegre  – criado pela Lei nº 444 de março de 2000

Porto Velho  – criado pela Lei nº Lei nº 1.190 de 22 de Dezembro de 1994

Recife  – criado pela Lei nº nº 17.310, de 29 de março de 2007

Rio Branco  – criado pela Lei nº1454 de 12 de dezembro de 2001.

Rio de Janeiro  – criado pela Lei nº2.508 de 2010

Salvador  – criado pela Lei nºn° 6.760, de 18 de julho de 2005,

São Luís  – criado pela Lei nº 3.397 de 26 de julho de 1995 

São Paulo  – criado pela Lei nº 11.242 de 24.09. 1992,

Teresina  – criado pela Lei nº Lei 2750, de 31/12/1998

Vitória  – criado pela Lei nº 4.946, de 15 de julho de 1999