72 anos da Declaração dos Direitos Humanos no dia 10 de dezembro de 2020

A Declaração Universal de Direitos Humanos – DUDH – completa amanhã, 10 de dezembro de 2020, 72 anos.

Símbolo do ideal de que “todos os seres humanos nascerem iguais”, embora na prática continue desrespeitada pelas diferenças em todo o planeta, ainda é considerada um dos acordos internacionais mais importante para o mundo.

Desde sua adoção, em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) foi versada em mais de 500 idiomas, sendo considerado o documento mais traduzido do mundo.

A pandemia da COVID19 abalou os muitos avanços conquistados com a ajuda da DUDH e neste momento, mais do que nunca ela precisa ser lembrada. O desemprego aumentou em todos os países, a situação dos refugiados ficou ainda pior e a fome passou a atingir populações que estavam bem longe dessa perspectiva. A violência doméstica, principalmente em relação aos idosos, aumentou muito.

Importante acompanhar as várias programações e manifestos que estão anunciados para lembrar a data.

A Secretaria da Justiça e Cidadania começou ontem a promover a “Semana dos Direitos Humanos”, com uma programação especial para tratar de temas voltados para a cidadania e os direitos humanos.

Na quinta-feira (10), o dia em que se comemora oficialmente a instituição da Declaração Universal dos Direitos Humanos, o secretário da Justiça e Cidadania, Fernando José da Costa, conversará com a população, às 17h30, pelo instragram JusticaSP, sobre ‘os direitos humanos na prática”.

E para encerrar a Semana dos Direitos na sexta-feira (11), às 14h, uma live, via Youtube da SJC, com o tema “Dez Anos da Lei Estadual nº 14.187/2010”. A transmissão contará com a participação do advogado Antônio Carlos Arruda e do procurador do Estado e presidente da Comissão Especial– Discriminação Racial da Secretaria da Justiça, Clério Rodrigues da Costa.

Logo após, às 16h, a coordenadora Geral de Apoio aos Programas de Defesa da Cidadania, Deborah Bittencourt Malheiros fará uma live, pelo instragram JusticaSP, sobre “Direitos Humanos e Populações Vulneráveis”.

Se você tem alguma dúvida sobre os temas que serão tratados, mande sua pergunta para justica@justica.sp.gov.br.

72 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 45 anos do Assassinato de Vladimir Herzog. 40 anos do Atentado a Bomba que vitimou Lyda Monteiro são os temas do evento virtual organizado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, por intermédio de sua Comissão Nacional de Direitos Humanos,  no dia 10 de dezembro, das 14 às 17 horas. Não será necessário realizar inscrição, basta acessar o canal da OAB Nacional no Youtube

Memória e Justiça nos 72 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos será tema do debate ao vivo, no dia 10 de dezembro, às 17 horas, organizado pelo Núcleo da Memória da CDH- Comissão dos Direitos Humanos da OAB-SP, através da sua página no Youtube.

Publicações importantes 

Direitos Humanos no Brasil 2020 – Relatório da Rede Social de Justiça e Direitos Humanos

As diversas faces dos Direitos Humanos , documento confeccionado pelo Instituto Humanitas da UNICAP de Recife, pelos 70 anos da DUDH, bastante atual.