Ato público virtual vai reunir artistas, lideranças e políticos a favor da passagem dos idosos 17/1

O Coletivo  Defesa da Pessoa Idosa de São Paulo (CDPI), movimento que reúne representantes de várias entidades e segmentos de diferentes idades e orientações da sociedade civil, está chamando um “Ato Público virtual”, no próximo dia 17 de janeiro, domingo, às 16 horas, pela página da entidade no Facebook.

A proposta é marcar o repúdio à decisão conjunta dos governos estadual e municipal da capital, da retirada do direito à gratuidade nos transportes para idosos de 60 a 64 anos. 

Estão confirmadas as presença de artistas, representantes de diferentes movimentos sociais e lideranças idosas de São Paulo.

Tiraram direitos já conquistados

Existe uma determinação conjunta do Governador João Dória e do Prefeito Bruno Covas para, a partir de 1º de fevereiro de 2021, os cartões de Bilhete Único Especial das pessoas que não tiverem completado 65 anos, até a data, serem cancelados. Quem estiver nesta faixa de idade tem que adquirir um bilhete único comum e passar a pagar as passagens.

Existem duas liminares da Justiça de São Paulo suspendendo temporariamente as decisões governamentais, mas ambos os executivos estão recorrendo.

A decisão não é ilegal, já que o Estatuto do Idoso prevê a isenção de tarifas a partir dos 65 anos, mas é imoral, visto que, há muitos anos os idosos de São Paulo conquistaram, na prática, a alteração na faixa etária.

A Lei que dava direito aos idosos na capital era do ex-prefeito Fernando Haddad do PT ( Lei 15.912 de 16 de dezembro de 2013). No âmbito estadual, quem tinha concedido o direito de circulação dos paulistas foi o ex-governador Geraldo Alckmin do PSDB, depois de protestos contra o aumento da tarifa que aconteceram naquele ano.

Páginas que também estarão transmitindo

Outras páginas de apoiadores estarão transmitindo ao vivo:

Facebook da Associação Brasileira de Gerontologia

 Youtube da Deputada Federal Luiza Erundina

Facebook do Vereador Eduardo Suplicy

Facebook do Deputado Emidio de Souza

 Youtube da empresa Nuvem Branca

Facebook da FAPESP- Federação das Associações Comunitárias Estado de SP

Leia também:
Coletivo Defesa da Pessoa Idosa fez protesto na Avenida Paulista pela retirada da gratuidade aos idosos, de 60 a 64 anos, nos transportes
Bruno Covas confirma corte na gratuidade para idosos de 60 a 64 anos a partir de 1/2/2021
Manifestação de idosos na frente da Câmara Municipal de São Paulo na posse do Prefeito
Bruno Covas “rasga” diploma de São Paulo Amiga do Idoso e tira ônibus grátis dos idosos