Prof. Otávio Nobrega, da UnB, conta em vídeo, parte da história da Gerontologia no Brasil

O Prof. Dr. Otávio de Toledo Nóbrega, diretor científico da SBGG-Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia de Brasília, apresenta um vídeo, que conta um pouco da  história da Gerontologia no Brasil  e o que os profissionais interessados em se tornar Especialista na área, precisam fazer.

Ele fala que existem 900 cursos de especialização em Gerontologia, em todo o país, mas que somente 53 estão inscritos na SBGG, previamente avaliados e aprovados.

Existem 7 programas de pós-graduação em Gerontologia: Universidade Federal de Pernambuco, USP, Universidade Federal de São Carlos SP, Universidade Católica de Brasília, Universidade de Campinas em SP, Universidade Federal de Santa Maria e da PUC do Rio Grande do Sul.

Existem 3 programas de pós-gradução em Envelhecimento: Faculdade São Judas Tadeu SP, Passo Fundo no RS e na Faculdade de Marília em SP.  Assim são 10 programas de pós-graduação ativos.

O professor da Universidade de Brasília também lembra que nos 25 anos da história da Gerontologia no Brasil vários cursos destacados morreram e exemplifica o curso de Pós-graduação Social da PUC SP, que foi fechado, embora tenha formado muitas pessoas que continuam atuando na área do envelhecimento.