Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo elege seus novos conselheiros até 2023

O GCMI- Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo fechou na tarde de hoje, 14 de junho, a apuração dos votos para os novos conselheiros, na eleição realizada no último sábado. A posse será somente no dia 28 de junho, numa cerimônia virtual.

Foram 1229 votos no total, muito pouco se for considerado que São Paulo é uma cidade que, segundo o Sistema Seade de Projeções Populacionais tem hoje mais de 1 milhão e 900 mil habitantes, com 60 anos e mais.

No entanto, se for considerado o difícil momento da pandemia, que fez com a gestão que se despede do GCMI esticasse seu mandato por mais um ano e, principalmente a falta de apoio da Secretária dos Direitos Humanos, Cláudia Carletto, que não esteve ao lado da executiva nos momentos mais cruciais dos últimos 12 meses, a realização do pleito  pode sim ser considerada exitosa.

Essa também é uma eleição que foi obrigada a se inovar e abrir a possibilidade de votos virtuais, que foram feitos através do portal Participe +, da Prefeitura de São Paulo.

Do total, os votos ficaram computados da seguinte maneira: 154 votos na Zona Norte (98 presenciais e 45 virtuais); 280 votos na Zona Sul (225 presenciais e 55 virtuais); 315 votos na Zona Leste (270 presenciais e 45 virtuais); 268 votos na Zona Oeste (179 presenciais e 92 virtuais) e 226 votos no Centro (195 presenciais e 31 virtuais).

Veja quem são os novos conselheiros por Região

Maria Aparecida Cruz de Souza a conselheira mais votada Zona Norte, para o GCMI 2021-2023

Norte

 Maria Aparecida Cruz de Souza / de Souza   com 44 votos

Maria Rosa Lopes Lazaro / Rosa Lazaro  30 votos

Wanderley Vendramini Carvalho / Carvalho  26 votos

Ruth Altamirano Lavadenz / Ruth Altamirano 18 votos

 Normando de Oliveira / Seu Normando  15 votos

Dona Norma 5 votos

Maria Conceição Silva Amaral / Conceição 4 votos 

Maria Conceição Casemiro dos Reis / Egbon mi Conceição Reis d’Ogún 1 voto

Auta Pereira dos Santos / Auta  ZERO votos

Aparecida de Souza Lima, a Cida do Portela, a conselheira mais votada da Zona Sul para o GCMI 2021-2023.

Sul

Aparecida de Souza Lima / Cida do Portela    51 votos

Ana Rosa Garcia da Costa / Ana Rosa Costa  42 votos

Ana Maria Acquesta Millas / Ana Millas   41 votos

Rosemary Haeberlin / Rose  33 votos

Antenilson Franklyn Rodrigues Lima / Franklyn 17 votos

João Cassiano de Oliveira / João Cassiano 17 votos

Raimunda Nogueira Dias / Rai  16 votos 

Norma Sueli Ayres de Almeida Coelho Rangel / Norma Rangel 16 votos

Carmen Silvia Calandria Ponce / Carmen Ponce  14 votos

Neide Duque a conselheira mais votada da Zona Leste, para o GCMI 2021-2023.

Leste

 Neide Duque Silva / Neide Duque 91 votos

José Carlos Cuccio  47 votos

 Antônio Santos Almeida / Antônio 41 votos

Albertina Souza Ribeiro Justino / Tina 28 votos

Ana Santos Souza Ruiz / Ana Ruiz  24 votos

Maria do Socorro Alves / Dona Socorro 22 votos

Sufia Gonçalves Duarte / Sufia 18 votos

 Koniti Wada / Wada 16 votos

Olavo de Almeida Soares / Olavo 9 votos

Maria do Carmo Guido a conselheira mais votada da Zona Oeste, para o GCMI 2021-2023.

Oeste

 Maria do Carmo Guido Di Lascio / Maria do Carmo Guido 86 votos

 Maria Enaura Vilela Barricelli / Enaura 39 votos

 Jociléia Néia da Costa / Joyce Néia  36 votos

Maria Cristina Boa Nova / Cristina  31 votos

Cristina Ondir / Cris Ondir 27 votos

Rosa Maria Villares de Souza Berto / Rosa Villares 22 votos

Cacildo Marques Souza / Cacildo Marques 10 votos

Edith Lopes Modesto dos Santos / Edith Modesto  6

Maria Francisca dos Santos e Passos / Chica 5

Romilda Almeida Correia a conselheira mais votada da Região Centro para o GCMI 2021-2023.

Centro

Romilda Almeida Correia / Romilda  48 votos

Niltes Aparecida Lopes de Souza / Niltes 42 votos

 Antônio Mariano / Mariano  36 votos

 José Wilson Bernardes 35 votos

Nadir Francisco do Amaral / Amaral 32 votos

Dulce Cristina Viveiros Meira / Dulce 16 votos

Rosa Moraes / Rosa  7 votos

Milton Longobardi Junior / Longobardi 4 votos

A 9ª vaga ainda não foi decidida pois houve empate e a Comissão Eleitoral deverá escolher a pessoa mais velha.