Delegação da Capital eleita na XV Conferência Estadual do Idoso em 2019 se retira em bloco da Pré-conferência Nacional do Idoso da Região Sudeste, que será realizada no final de agosto

Depois de quatro encontros virtuais, a Delegação da Capital, eleita na XV Conferência Estadual do Idoso, realizada em Águas de Lindoia, em novembro de 2019, resolveu por maioria se retirar da Pré-conferência da Região Sudeste, marcada para o próximo final de agosto. Como o governo federal estabeleceu que a não participação na Pré inviabiliza a presença na 5ª Conferencia Nacional, a cidade de São Paulo não estará representada.

Na tarde de hoje (13/8) um grupo de 25 delegados se reuniram virtualmente com o presidente do CEI-SP, Conselho Estadual do Idoso de SP, Tomas Freund para oficializar a entrega da Carta da Delegação de São Paulo, que pede o cancelamento em bloco de todas as pessoas listadas.

No documento ficou explicitado que os delegados e delegadas de São Paulo não são contra a participação da 5ª CNDI no formato virtual, embora acreditem que ela dificulta a presença da maioria dos idosos que têm problemas sérios de sinal de Internet. O que a maioria discorda é do formato da Pré-conferência, que além de não reunir, mesmo virtual, os delegados dos demais Estados, ainda impõe um trabalho de aglutinação que propostas muito difícil de ser feito somente por celular, como é a utilização da maioria da Delegação da Capital.

O presidente do CEI-SP se comprometeu a enviar na próxima segunda-feira um documento oficial à comissão organizadora da 5ª CNDI, pedindo a retirada de todos que estavam listados como delegação da Capital, sem que seja permitida a participação como representantes da Capital, mesmo dos que já se inscreveram.

Dos 35 delegados somente 1 votou pela participação, todos os demais votam pela retirada diante das dificuldades.

Texto integral da Carta dos delegados de São Paulo

Considerando que o grupo formado pelos 35 delegados e delegadas representantes da Capital paulista, que foram eleitos por seus pares durante a realização da XV Conferência Estadual do Idoso de SP, para incorporar a delegação Estadual, na 5ª CNDI- Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, prevista naquele momento para se realizar em 2019, representam uma população idosa de cerca 1 milhão e 900 mil pessoas residentes no município, segundo dados da Fundação Seade, órgão responsável pelas estatísticas do Estado de São Paulo. 

Considerando que estamos cientes da nossa responsabilidade de fazer chegar a Conferência Nacional as propostas legitimamente discutidas e aprovadas nas Conferências Municipais e Estaduais realizadas no Estado de São Paulo e em respeito a todos que se esforçaram para debater as necessidades dos idosos da nossa cidade, vem através deste documento formalizar, perante as autoridades competentes e às pessoas idosas, a sua retirada da Pré-conferência da Região Sudeste e, consequentemente da 5ª CNDI, e explicar os motivos dessa decisão:

1) Para reorganizar a Delegação da Capital, com o intuito de saber da continuidade de disposição de participação na 5ª CNDI, depois de 18 meses da pandemia que afeta a vida particular e profissional de todas as pessoas, foi feito um esforço de organização voluntária que demandou tempo, disposição e colaboração de várias pessoas;

2) Orientados pelo CEI-SP, Conselho Estadual do Idoso de São Paulo, procuramos saber quem tinha mais do que vontade, mas também condição técnica, como, por exemplo, ser portador de um celular, tablet ou computador, para acompanhar e participar da 5ª CNDI, desta vez imposta pelo governo federal para ser realizada no formato virtual;

3) No grupo finalmente listado, depois da saída daqueles que de imediato lamentaram não ter condições técnicas de participação por morar em locais de difícil estabilidade do sinal de Wi-Fi, fechamos com os demais delegados, que na sua maioria apontou a participação através do celular;

4) A realização das duas primeiras Pré-conferências ( Norte e Nordeste) demonstraram a necessidade de os participantes disporem de mais recursos que um celular. Será preciso habilidade para trabalhar na leitura de textos pela telinha do celular, aglutinar propostas, encaminhá-las, tornar a ler as devolutivas e voltar a fazer propostas, em algumas horas, o que não corresponde ao letramento digital da maioria dos idosos da Delegação da Capital, fato que dificulta e até impede sua participação legítima e cidadã para apresentar e debater sobre as necessidades sociais e humanas das pessoas idosas em suas diferentes, variadas e múltiplas velhices da realidade na sociedade brasileira, em especial as mais vulneráveis. Entre os delegados representantes do poder público foram apresentadas dificuldades para efetivar sua dispensa para se dedicar horas a essa modalidade, como se daria caso fosse presencial;

5) A realização das Pré-conferências desde o seu anúncio era uma incógnita para o Grupo da Capital de SP, visto que nunca ficou esclarecida a sua necessidade e muito menos como ela seria conduzida, para termos oportunidade de melhor nos organizarmos com a devida antecedência;

6) Na reunião convocada por Plataforma digital no dia 10 de agosto de 2021 visando a definição da forma de participação da Delegação da Capital na 5ª CNDI, compareceram virtualmente 26 pessoas do total de 35 delegados, sendo que somente 23  conseguiram votar online e que três estavam constantemente saindo da reunião por problemas na conexão. Dos 23 votantes somente 1 se manifestou pela participação, todos os demais, com diferentes justificativas, apontaram a necessidade da saída da Delegação da Capital deste processo;

7) Para que todos os delegados pudessem dar seu voto nesta questão, as demais 13 pessoas ausentes  na reunião foram contactadas por telefone. Todos se manifestaram concordando em se retirar da Pré-conferência. Então do grupo de 35 delegados o resultado é de 34 favoráveis a Não Participação e somente 1 a favor.

Assim sendo, a Delegação da Capital vem comunicar sua não participação na Pré-Conferência da Região Sudeste e na da 5ª CNDI, deixando claro também que, por votação da maioria dos delegados, não reconhecerá outros representantes pela cidade, uma vez que todos os titulares e suplentes se retiraram.