Governo Federal realizou a pré-conferência da Região Nordeste, preliminar da 5ª CNDI virtual

A segunda pré-conferência preparatória para a 5ª CNDI- Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, foi realizada no período de 9 a 11 de agosto, no formato virtual.

Como já tinha ocorrido com o primeiro encontro pela Região Norte, não houve consenso entre todos os Estados. Das nove unidades da federação que compõem a Região Nordeste participaram: o Maranhão, o Rio Grande do Norte, a Paraíba, Alagoas, Pernambuco e Sergipe. Três Estados se retiraram por discordarem do processo de Pré-conferências: Ceará, Piauí e Bahia.

Três dias antes os delegados receberam acesso à plataforma virtual, com o Caderno de Propostas e as Orientações aos Participantes, com as instruções de trabalho.

A abertura na tarde da segunda-feira, 9/8,  seguiu o modelo definido para todas as regiões, com uma primeira fase pelas pelas redes sociais. A procuradora de Justiça, integrante do GT de Defesa da Pessoa Idosa do Conselho Nacional do Ministério Público, Yélena Monteiro Araújo foi quem fez a palestra inaugural. Ela lembrou que metade dos 32% dos analfabetos do país estão na Região Nordeste e que não existe no Ministério da Educação uma atenção para a erradicação desse problema. Citou o programa EJA-Educação de Jovens e Adultos que em geral é oferecido no período noturno e não se adequa às necessidades das pessoas idosas, principalmente em relação ao horário noturno.

Se você colocar dois bebês recém nascidos lado a lado, um rico e um pobre, com a mesma roupa, você não vai saber quem é o mais afortunado. Se colocar dois idosos da mesma idade, com as mesmas roupas, um rico e um pobre, você vai saber quem é na hora. O envelhecimento deixa marcas e a falta de qualidade de vida só as acentua, falou a procuradora.

Para os delegados foram apresentadas 136 propostas regionais, antes codificadas e organizadas por semelhança temática dentro dos cinco cadernos. Resultaram depois das aglutinações 81 propostas que serão encaminhadas para a Conferência Nacional. Os Eixos correspondem aos mesmos que haviam sido determinados quando a conferência nacional foi originalmente convocada em 20 de dezembro de 2018, para ser realizada em novembro de 2019, com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”. 

Na mesa de encerramento “virtual” estavam: o Secretário Nacional da Pessoa Idosa Antônio Costa, o presidente da Comissão Organizadora da 5ª CNDI, Mauro Moreira Oliveira Freitas, que é presidente do Conselho do Idoso do Distrito Federal; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, do Maranhão, Glécio Sandro Leite da Silva, a presidente do Conselho da Pessoa Idosa da Paraíba, Joilma de Oliveira dos Santos, presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa de Pernambuco, Reginaldo José do Pinho Borges, presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa do Rio Grande do Norte, Gustavo André Pereira de Brito.