SBGG-DF pede a Secretaria Nacional da Pessoa Idosa meios eletrônicos para todos na 5ªCNDPI

 

Faltando duas semanas para a realização da 5ª CNDPI, o diretor científico da SBGG-Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia de Brasília, o Prof. Dr. Otávio de Toledo Nóbrega, encaminhou uma carta para organização “requerendo meios eletrônicos adequados para a participação de todos”.

A fase preliminar da primeira Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, em formato virtual, contou com cinco Pré-conferências regionais. Embora tenha recebido representantes de 20 Estados, continua sendo criticada por não oferecer opções para a participação de todos os delegados eleitos nas conferências estaduais. 

Na Carta, assinada pelo diretor da SBGG-DF que participou da Pré-Conferência da Região Centro-Oeste como delegado do Conselho dos Direitos do Idoso do Distrito Federal (CDI/DF), são apontados artigos do Regimento Interno da 5ª CNDI, com várias considerações. 

O Artigo 8º do Regimento da 5ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDPI) prevê que todos os delegados participantes da Conferência terão direito a voz e voto, tendo a prerrogativa de poderem manifestar-se durante os debates, aponta em uma parte do texto.

Íntegra da Carta da SBGG-DF