Mais de 7 milhões de aposentados não fizeram a Prova de Vida e podem ficar receber benefício

 

O INSS- Instituto Nacional do Seguro Social está alertando que mais de 7,3 milhões de aposentados precisam fazer a prova de vida dentro de 90 dias, correndo o risco de ter seus benefícios suspensos na virada do ano.

“A prova de vida é realizada no banco do segurado e faz parte da rotina de manutenção de benefícios. Caso não seja feita, ocorre suspensão ou bloqueio de pagamentos de aposentadorias e pensões”, explicou o Instituto em nota. 

Em janeiro  de 2021, a Portaria nº 1.266, publicada no Diário Oficial da União (DOU) prorrogou a interrupção do bloqueio de pagamentos de benefícios até o fim de março, para evitar correria dos idosos nas agências, em plena pandemia.

O INSS também informa que pessoas maiores de 80 anos, ou que estejam acamadas ou hospitalizadas podem solicitar a prova de vida domiciliar pelo telefone 135 ou acessar o aplicativo Meu INSS. Outras informações, como ver a data da última realização e a data da validade da prova de vida também podem ser acessadas pelo aplicativo.

Prova de vida digital

Todos os aposentados podem fazer a Prova de Vida pelo aplicativo MeuGov.br, que pode ser baixado em celulares com sistema operacional Android e iOS.