NCI Tereza Bugolim comemora 24 anos de serviços com idosos na Zona Leste de São Paulo

Maria do Carmo , que junto com o marido Marino Cardoso, ajudou a fundar a Casa Tereza Bugolin, quando  ela começou numa salinha da Igreja de São Francisco de Assis. Foto: divulgação
Maria do Carmo idealizadora com o marido Marino Cardoso, da Casa Tereza Bugolin, que  começou na Igreja de São Francisco de Assis, de Ermelino Matarazzo. Foto: divulgação

O Núcleo de Convivência do Idoso Tereza Bugolim, na Zona Leste da capital, em São Paulo, completa hoje, dia 5 de outubro de 2021, 24 anos de existência, oferecendo diferentes serviços para as pessoas idosas.

A alegria dos gestores e usuários não está tão efusiva como gostariam porque há 10 meses perderam o Padre Ticão, principal apoiador da Tereza Bugolim, como todos tratam o serviço na Região. Também um dos seus idealizadores, Marino Cardoso, se encontra adoentado.

A Casa Tereza Bugolim começou numa salinha da Igreja de São Francisco de Assis, no bairro de Ermelino Matarazzo, com os trabalhos de Maria do Carmo Cardoso e seu marido, idealizadores do projeto. Hoje a responsabilidade do NCI está com Marisa Cardoso, filha deles. Em função das restrições ainda impostas pela pandemia, o atendimento embora reaberto, de segunda a sexta-feira, ainda está reduzido.

Quem foi Tereza Bugolim

Tereza Bugolim que batiza o espaço foi uma benemérita local, pioneira em conseguir recursos para Ermelino Matarazzo ficou bastante conhecida por socorrer pessoas com problemas de saúde. Sua biografia ficou associada ao voluntariado.

Quem foi Padre Ticão

O Padre Antônio Marchioni- o Padre Ticão – foi uma das mais respeitadas lideranças políticas da Zona Leste de São Paulo. Ele era titular na Igreja de São Francisco de Assis, de Ermelino Matarazzo, principal local de encontro dos movimentos sociais da Região.

Nos anos 70, ele tinha se destacado na organização do movimento por moradias. Foi um dos fundadores históricos do PT- Partido dos Trabalhadores, mas tinha trânsito com vários políticos de diferentes partidos.

Ele morreu dia 1º de janeiro de 2021, com 68 anos, sendo 42 como sacerdote.

O CCI Leste Ermelino Matarazzo, primeira unidade de Cuidados Continuados Integrados que será inaugurada pela Prefeitura de São Paulo, para desafogar os leitos de hospitais e oferecer cuidados continuados, intensivos e integrados a pacientes cirúrgicos da rede municipal vai receber o seu nome.