Atibaia ganha do Programa SP Amigo do Idoso um Centro de Longevidade Ativa de R$1 milhão

Desenho ilustrando como deverá ser o Atibaia Centro Longevidade, quando for construído. Foto: divulgação
Desenho ilustrando como deverá ser o Atibaia Centro Longevidade, quando for construído. Foto: divulgação

Atibaia, cidade a 66 km da capital, em São Paulo, anunciou na última quinta-feira 11/11 que vai implantar um Centro de Longevidade Ativa, espaço com serviços direcionados ao acolhimento, atendimento e inclusão digital, produtiva e social de pessoas com 50 anos ou mais em situação de vulnerabilidade social. O equipamento será construído em parceria com o Programa SP Amigo do Idoso, do governo do Estado e deverá custar cerca de R$1 milhão.

De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SADS), o Centro de Longevidade Ativa Atibaia será construído em terreno cedido pela Prefeitura com recursos do governo estadual: serão investidos quase R$700 mil na construção da unidade e mais R $150 mil para a aquisição de equipamentos. O espaço vai oferecer atividades de convivência, ações para promover a inclusão produtiva, novas carreiras e empreendedorismo entres os idosos, incluindo apoio à qualificação e formação, além de atividades envolvendo tecnologia.