Prefeitura de Leme, em SP, recepcionou atletas campeões do Volei Adaptado

Atletas do vôlei adaptado de Leme, campeões da VIII Copa Regional de Voleibol Adaptado, da Liga Sanjoanense de Desportos. Colaboração da Secom/PML com texto de Daniel Cunha e fotos de Luiz Franchoza.
Atletas do vôlei adaptado de Leme, campeões da VIII Copa Regional de Voleibol Adaptado, da Liga Sanjoanense de Desportos. Colaboração da Secom/PML com texto de Daniel Cunha e fotos de Luiz Franchoza.
Atletas do vôlei adaptado de Leme, campeões da VIII Copa Regional de Voleibol Adaptado, da Liga Sanjoanense de Desportos. Colaboração da Secom/PML com texto de Daniel Cunha e fotos de Luiz Franchoza.

A Prefeitura Municipal de Leme, cidade do Interior de São Paulo, promoveu na terça-feira dia 2 de dezembro de 2014, uma bonita recepção aos atletas do vôlei masculino adaptado de Leme, campeões da VIII Copa Regional de Voleibol Adaptado, da Liga Sanjoanense de Desportos. Os “jovens senhores”, acompanhados pelo coordenador do Centro de Convivência do Idoso, Ricardo Canata, foram recebidos pelo prefeito Paulo Blascke, que os cumprimentou pela conquista.

 “Estes atletas são verdadeiros exemplos a todos nós! Mostram enorme dedicação e alegria no esporte que praticam, além de levar o nome de Leme para todo Estado. Parabenizo a equipe de vôlei adaptado do Centro de Convivência do Idoso pelo grande desempenho em mais esta competição”, comemorou o Prefeito Blascke.

 A fase final da Liga Sanjoanense foi disputada no sábado, 29 de novembro, em Jundiaí, com participação do time da casa, Leme, Jaguariúna, Águas da Prata e Casa Branca. Na decisão, a equipe acima de 60 anos de Leme derrotou Jundiaí por 2 sets a 0, com parciais de 15×12 e 17×15, com destaque para o atacante Márcio Teixeira. A entrega do troféu acontece em cerimônia especial, no próximo dia 19, em São João da Boa Vista.

 Os treinos de vôlei adaptado no Centro do Idoso da cidade são realizados de segunda, quarta e sexta, a partir das 9 horas, abertos a todos os interessados a partir de 50 anos.

  “A prática do esporte na melhor idade estimula a autoestima e melhora a flexibilidade, agilidade, equilíbrio e o fortalecimento anatômico”, destacou o coordenador do Centro de Convivência do Idoso, Ricardo Canata, que também é pós-graduado em Gerontologia.