Diadema realizou a IV Conferência da Pessoa Idosa depois de 5 pré-conferências

IV Conferência do Idoso de Diadema. Foto: jornal3idade.com.br
IV Conferência do Idoso de Diadema. Foto: jornal3idade.com.br

Na sexta feira dia 15 de março, a cidade de Diadema, na Grande São Paulo realizou a sua 4ª Conferência Municipal do Idoso, após ter feito durante todo o mês de fevereiro cinco encontros como pré-conferências descentralizadas.

Os eventos feitos de 18 a 22 de fevereiro contaram com a participação de 226 idosos e servidores que debateram 39 propostas referentes aos eixos temáticos propostos pelo CNDI- Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa.

Participaram da conferência 111 idosos, trabalhadores do seguimento e entidades parceiras na execução das políticas públicas no Município. Entre as propostas aprovadas destacam-se: a  ampliação do fornecimento de medicamentos e insumos de uso contínuo pelo SUS ; o acesso a próteses e órteses; a criação de programas de geração de emprego e criação de postos de trabalho para jovens e idosos; a ampliação dos serviços socioassintenciais tipificados e implantação de mais um CRAS na região Leste da cidade.

 Foram eleitos os delegados representantes para conferência estadual, sendo da sociedade civil Luzia Cordoba Soares de Arruda como titular e João Batista de Araújo Oliveira. Como representantes do poder público  vão: Fabiana de Jesus Silva como titular e Sonia Feitosa como suplente.

4ª Conferência Municipal do Idoso de Diadema  votou e aprovou por unanimidade uma Moção de Protesto contra a proposta de Reforma da Previdência como está sendo defendida pelo governo federal, como uma forma de repúdio a condição de vulnerabilidade na qual coloca os idosos em situação de miséria violando direitos adquiridos conforme Estatuto do Idoso.