Jean-Marie Le Pen, 87 anos, líder da direita francesa, é expulso do partido

Jean Marie Le Pen, lider da extrema direita francesa. Foto: divulgação
Jean Marie Le Pen, lider da extrema direita francesa. Foto: divulgação
Jean Marie Le Pen, lider da extrema direita francesa. Foto: divulgação

Jean-Marie Le Pen, de 87 anos, chefe histórico da extrema-direita francesa, foi expulso ontem, dia 20 de agosto de 2015, da Frente Nacional (FN), partido que ajudou a fundar e dirigiu por 40 anos.

A iniciativa partiu da sua filha Marine Le Pen, de 47 anos, que o substituiu em 2011 na direção do partido e que é deputada no Parlamento Europeu, desde 2004.

A exclusão foi motivada pelas declarações dadas por Jean-Marie Le Pen, em abril passado, quando numa das primeiras comemorações do fim da guerra ele declarou que “ as câmaras de gás foram um detalhe da história da Segunda Guerra Mundial e que é preciso salvar a Europa boreal e o mundo branco”.

A Frente Nacional (FN) é um partido francês de extrema direita, fundado em 1972, que vem crescendo desde 2002, quando conseguiu pela primeira vez colocar um candidato no segundo turno das eleições presidenciais.  Atualmente é o terceiro maior partido do país, atrás apenas da União por um Movimento Popular (UMP) e do Partido Socialista (PS).  A FN defende o protecionismo econômico e a tolerância zero à criminalidade e à imigração, o que no momento está lhe angariando simpatizantes devido ao problema dos refugiados que chegam em massa, aos vários países da Europa, fugindo das guerras do norte da África.