“Por que velho é sempre o outro?” é tema de encontro no SESC Carmo de São Paulo em 22/6

O SESC Carmo, que em tempos de atendimento presencial atende no Centro da capital, em São Paulo, programou para o mês de junho, quatro encontros virtuais sobre as violências da sociedade brasileira, alusivos ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.

A violência contra a pessoa idosa é um problema de todas as pessoas, independentemente de faixa etária.

Para amanhã, 22/6, às 19 horas, está programado o segundo encontro, com o tema sobre a violência estrutural, aparência e idadísmo. Quem tiver interesse de acompanhar precisa fazer a inscrição grátis, hoje.

Participam: Andrea Lopes, antropóloga, docente da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, coordenadora do grupo Envelhecimento, Aparência e Significado; Karen Elise de Campos, gerontóloga pela USP, especialista em Sociopsicologia e graduanda em pedagogia e Felipe Borges, gerontólogo pela USP, docente do Senac SP e gerente de projeto financiado pelo Fundo Estadual do Idoso de SP.