Suzano, SP, terminará sábado, 2/10, a Semana do Idoso que marcou retomada dos serviços

CCMI de Suzano. Foto: Mauricio-Sordilli/SecomPMZ
CCMI de Suzano. Foto: Mauricio-Sordilli/SecomPMZ

Suzano, na Grande São Paulo, aproveitou a programação organizada para festejar a Semana do Idoso para anunciar o retorno das atividades presenciais do Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) Maria Picoletti, oficialmente a partir da próxima segunda-feira, 4/10.

Segundo a dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), a primeira-dama Larissa Ashiuchi, este retorno contará com turmas reduzidas, para garantir a segurança dos alunos. 

“A princípio reabriremos apenas as aulas de violão, mas também estudamos trazer o Liang Gong de volta para as manhãs do CCMI.  Antes do início da pandemia da Covid-19, realizamos um trabalho social importante por aqui, com oferta de atividades físicas e cursos de capacitação que iam desde o uso do celular à alfabetização. Agora, de forma gradual e segura, retomaremos a promoção de eventos e atividades inclusivas”, concluiu.

No Centro Dia do Idoso (CDI) Joaquim Pinto Filho foram feitas atividades de acolhimento para o público assistido pela unidade. Desde a última segunda-feira (27/09), os 50 idosos semidependentes que utilizam o CDI foram divididos em grupos de dez por dia, para evitar aglomerações e assim poderem participar das ações recreativas e culturais. 

A Semana do Idoso conta com uma gincana de orientação sobre o envelhecimento e entrega de quadro confeccionado pela equipe do CDI, com fotos e mensagens de apoio. As atividades seguem até sábado (02/10), quando acontecerá atendimento remoto aos participantes, como parte do acompanhamento continuado.

A unidade é gerenciada pela Associação Assistencial à Mulher, ao Adolescente e à Criança Esperança (Aamae), com subsídio e acompanhamento da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. O atendimento é voltado para pessoas com mais de 60 anos semi-dependentes que tenham laudo médico atestando esta condição.