Prova de Vida é suspensa até o fim de 2021 e INSS divulga novo calendário para 2022

Mais de 5 milhões de aposentados e pensionistas que ainda não fizeram a Prova de Vida do INSS não têm mais a obrigatoriedade de fazê-la ainda este ano, sem o risco de ter o benefício suspenso ou qualquer outro prejuízo.

O Projeto de Lei (PL) que suspende a prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até o fim do ano foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro após o Congresso derrubar o veto que mantinha o recadastramento anual.

A prova de vida é um procedimento previsto em lei para evitar fraudes e pagamentos indevidos e acontece uma vez por ano. Devem fazer a prova de vida os aposentados, pensionistas e pessoas que recebem benefícios assistenciais há mais de um ano. 

Ela pode ser feita pelo titular do benefício ou seu representante legal, como procurador, tutor, curador ou administrador provisório.

Novo calendário

Vencimento da comprovação em maio e junho/2021: nova prova de vida em janeiro de 2022

Vencimento da comprovação em julho e agosto/2021: nova prova de vida em fevereiro de 2022

Vencimento da comprovação em setembro e outubro/2021: nova prova de vida em março de 2022

Vencimento da comprovação em novembro e dezembro/2021: nova prova de vida em abril de 2022

Vencimento da comprovação em janeiro e fevereiro/2022: nova prova de vida em maio de 2022

Vencimento da comprovação em março e abril/2022: nova prova de vida em junho de 2022

Vencimento da comprovação em maio e junho/2022: nova prova de vida em julho de 2022

Vencimento da comprovação em julho/2022: nova prova de vida em agosto de 2022