Atleta de vôlei adaptado da Praia Grande faz 6º ano coleta de doações para cestas de Natal

Festa de distribuição de brinquedos para as crianças, no Natal de 2019, antes do agravamento da pandemia. Em 2021 alimentos no lugar de brinquedos. Foto: divulgação
Festa de distribuição de brinquedos para as crianças, no Natal da Família Lima e Amigos de 2019, antes do agravamento da pandemia. Em 2021 alimentos no lugar de brinquedos. Foto: divulgação

A atleta de voleibol adaptado da equipe Samambaia, da Praia Grande, no litoral Sul de São Paulo, pelo sexto ano consecutivo realizou, ontem 1º de dezembro,  um encontro entre amigos e apoiadores intitulado Natal da Família Lima e Amigos, para arrecadar doações, para famílias da cidade.

Nos anos anteriores ela fazia da frente da sua casa, no bairro Esmeralda, e priorizava o recebimento de brinquedos para as crianças, mas depois da quarentena e ainda diante das dificuldades trazidas pela pandemia da COVID-19 ela pediu aos colaboradores alimentos.

Tenho mais de 200 famílias cadastradas e o que todas estão precisando é de comida. Muitos amigos me ajudaram e a partir de amanhã (3/12) estarei montando as cestas e entrando em contato com elas. Fiz o que pude, mas muitos estão ajudando outras iniciativas e assim as doações foram menores. Fazemos tudo com muito carinho e sem ajuda oficial. No próximo ano espero que o cenário sanitário da cidade e e do país propiciem uma festa grande com bastante gente reunida, disse Rosy , como é chamada pelos amigos do voleibol.