Audiência Pública em Catanduva, SP, reuniu representantes dos Esportes para projeto 2022

Teatro Municipal Aniz Pachá, na noite da quinta-feira, 9 de dezembro, na audiência pública que debateu os Esportes em Catanduva. Foto: Secom/CMC
Teatro Municipal Aniz Pachá, na noite da quinta-feira, 9 de dezembro, na audiência pública que debateu os Esportes em Catanduva. Foto: Secom/CMC

As necessidades dos segmentos de Esportes de Catanduva, na Região Noroeste do Estado de SP, para plena retomada em 2022, foi o tema da audiência pública realizada no Teatro Municipal Aniz Pachá, na noite da quinta-feira, 9 de dezembro.

A iniciativa foi do vereador Gleison Begalli (PDT),  presidente da Câmara Municipal de Catanduva, que procura formar uma “frente de trabalho” com todos os vereadores da cidade para recompor as atividades esportivas de todos os segmentos, que ficaram paralisadas com a necessidade de isolamento imposta pela quarentena da pandemia da COVID-19. 

Walter Schettini, único participante dos esportes da terceira idade que foi defender mais quadra de Bocha. Foto: Secom/CMC

Somente um representante da terceira idade esteve presente. Walter Schettini, atleta veterano de várias edições do JORI- Jogos Regionais do Idoso, no voleibol adaptado, na bocha e no truco.

A audiência pública foi uma iniciativa muito boa e já começou a render frutos. O Secretário de Esportes já marcou reuniões para saber das propostas apresentadas. Fui defender a Bocha, que não tem recebido atenção da Prefeitura. Temos apenas uma cancha (quadra onde se pratica a modalidade) que atende nosso grupo de 30 pessoas, em revezamento. Precisamos de pelo menos mais duas na cidade para atrair mais pessoas e fazer campeonatos. Esse é um esporte tradicional de pessoas mais velhas, mas que também tem adeptos jovens que acompanham as famílias, disse Walter Schettini.

A audiência pública que realizamos para os esportes em geral foi um momento importante para que possamos ouvir e compreender as demandas de cada um dos segmentos. Abrimos espaço para cada uma das modalidades, das diversas atuações e em especial para o pessoal da terceira idade e pessoas com deficiência. Um documento tirado do encontro foi encaminhado para o Prefeito, para o Secretário de Esportes, para os grupos esportivos e coordenadorias de esportes. Esperamos que ele sirva de embasamento para a retomada, depois de dois anos muito difíceis como foram os de 202o e 2021, declarou o Vereador Gleison Begalli, presidente da Câmara Municipal de Catanduva.