Morreu Saturnino Fuente Garcia, um mês antes de completar 113 anos, o mais velho do mundo

Saturnino de la Fuente Garcia que morreu um mês antes de fazer 113 anos e era o homem mais velho do mundo. Foto: reprodução site Guinness World Records.

Morreu na última terça-feira, 18 de janeiro de 2022, o espanhol Saturnino de la Fuente Garcia, que em fevereiro próximo completaria 113 anos e era atestado pelo Guinness World Records como o homem mais velho do mundo.

Conforme informou a Agência de Notícias EFE, ele faleceu em sua casa, em León, sua cidade natal, no noroeste da Espanha, ao lado de uma das filhas e do genro.

No ano passado, no dia 10 de setembro, Saturnino de la Fuente García tornou-se o homem mais velho do mundo, quando tinha 112 anos e 211 dias. 

Ele foi sapateiro a vida toda e só parou de trabalhar perto dos 90 anos. Segundo seu depoimento ao Guinness, ele acreditava que só escapou da Guerra Civil Espanhola, que começou em 1936, por ser muito baixo, tinha 1,50. No entanto, ganhou um bom dinheiro com o conflito armando, criando botas para o exército.

Viúvo, deixou 7 filhas (o único filho homem morreu criança), 14 netos, 22 bisnetos e 11 tataranetos.

O Guinness ainda não oficializou quem é agora o homem mais velho do mundo.

A mulher mais longeva do planeta continua sendo a japonesa Kane Tanaka, que no domingo 2 de janeiro  de 2022, completou 119 anos.