Assembleia do GCMI, ainda virtual, falará do Edital 2022 do Fundo do Idoso

O GCMI – Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo, que vem tendo uma gestão bastante sofrida, com a morte da presidente eleita, pedido de afastamento daquela que assumiu, demissões na executiva e muita dificuldades dentro de uma gestão municipal que pouco valoriza as pessoas idosas, fará amanhã, 10 de maio, uma assembleia virtual.

O tema do encontro será o FMID- Fundo Municipal do Idoso e as Diretrizes para o novo Edital 2022. 

Tomando-se como base o Extrato de Conta do Fundo do Idoso, em fevereiro de 2022, existe hoje no FMID para uso em projetos para idosos mais de R$22 milhões.

Na reunião será possível saber com o presidente do COAT-Conselho de Orientação e Administração Técnica, Renato Cintra, os valores atuais, como eles foram aplicados, como consultar os projetos que foram aprovados nos editais anteriores, como anda a fiscalização deles e como será o procedimento para os que pretendem se candidatar.

Esse conselho – o COAT- é quem decide quais projetos receberão o dinheiro diretamente e quem receberá carta de crédito, que é aquela que a entidade pode captar recursos de empresas privadas com direito de dar a elas a possibilidade de abater no imposto de renda.

Fazem parte do COAT que é paritário entre conselheiros do GCMI e representantes da gestão, conforme publicação no Diário Oficial de São Paulo

Governo titulares

– Alessandra Gosling (SMADS-Secretaria Municipal Assistência de Desenvolvimento Social);  

– Renato Souza Cintra, presidente do COAT, coordenador da Coordenadoria do Idoso e funcionário da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC);

– Rita de Cassia Monteiro de Lima Siqueira (SMADS-Secretaria Municipal Assistência de Desenvolvimento Social);

– Marilia Romano Capinzaiki (Secretaria Municipal da Saúde)

Governo suplentes

Maria Aparecida Romano Vieira (Secretaria Municipal da Saúde)

GCMI titulares

Maria Enaura Vilela Barricelli (conselheira pela Zona Oeste da Capital);

Nadir Francisco do Amaral (conselheiro pela Zona Centro da Capital);

Ana Rosa Garcia Costa (conselheiro pela Zona Sul da Capital);

Ana Santos Souza Ruiz (conselheiro pela Zona Leste da Capital);

GCMI suplentes

João Cassiano de Oliveira (conselheiro pela Zona Sul da Capital);

António Santos Almeida (conselheiro pela Zona Leste da Capital);

Maria Rosa Lopes Lázaro  (conselheiro pela Zona Norte da Capital)

Wanderley Vendramini Carvalho (conselheiro pela Zona Norte da Capital)