São Paulo ganhou o Fórum Liberdade mais um para defender as Pessoas Idosas

Reunião de instalação do Fórum de Políticas Públicas para as Pessoas Idosas - Distrito Liberdade, em 20 de maio de 2022. Foto: jornal3idade.com.br
Reunião de instalação do Fórum de Políticas Públicas para as Pessoas Idosas – Distrito Liberdade, em 20 de maio de 2022. Foto: jornal3idade.com.br

Os paulistanos ganharam na sexta-feira da semana passada o “Fórum de Políticas Públicas para as Pessoas Idosas – Distrito Liberdade”, que funcionará como um braço territorial do Fórum Permanente de Políticas Públicas Para Pessoas Idosas da Região Centro.

A instalação aconteceu na manhã  de 20/5, na sede do Centro de Convivência para Pessoa Idosa, da Bunkyo-Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, e foi recepcionada pela presidente da Comissão de Assistência Social da entidade, Seiko Amino.

Como está sendo acompanhada a saúde dos idosos no bairro da Liberdade e na Região Central da capital foi o principal mote da roda de conversa realizada com a  presença de coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde no território. Compareceram:  Marcos Moreira da Costa, Interlocutor da Saúde do Imigrante, CRS Centro; Renata Luciana H. Fregonezi, Interlocutora da Saúde da Pessoa Idosa CRS Centro e Valéria

Foi anunciado que finalmente o bairro da Liberdade vai ganhar a sua primeira UBS- Unidade Básica de Saúde, uma reivindicação do Fórum Centro desde a sua criação em 2015.

Por enquanto, os moradores do distrito continuarão a ser atendidos pelas três UBS que circunvizinham o território: UBS Humaitá, UBS Nossa Senhora do Brasil e UBS República.

A coordenação do Fórum Liberdade é de Nadir Francisco do Amaral, conselheiro da Região Centro no GCMI- Grande Conselho Municipal do Idoso de São Paulo e também coordenador da Comissão da Pessoa Idosa, do Conselho Municipal do Idoso de  Saúde.

Participaram: usuários do Centro de Convivência para Pessoa Idosa da Bunkyo; a  gerente do CCPI, Nilza Neves; Wagner Gonçalves, Supervisor Técnico da Sé; Claudia Tanta,Associação Brasil Nippo; Kiyoshi Hashimoto, Distrito 4563 – Rotary Club São Paulo Liberdade; Sheila Ventura Pereira, presidente Associação Pro-Falcemicos Anemia Falciforme e representantes de entidades do bairro.

Representando o Fórum Centro estavam Hermínia Brandão e Maria Aparecida Costa.